Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Três reforços vindos da Série A para o Criciúma

Deles, só um jogou no atual Brasileirão, mas Adriano, Vinícius e Zeca trazem experiências de Atlético (MG) e Goiás
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 09/09/2020 - 15:55Atualizado em 09/09/2020 - 16:00
Da esquerda para a direita, Zeca, Adriano e Alessandro Vinícius / Fotos: Celso da Luz / Criciúma EC
Da esquerda para a direita, Zeca, Adriano e Alessandro Vinícius / Fotos: Celso da Luz / Criciúma EC

O Atlético (MG) é terceiro na Série A. O Goiás, vigésimo. Desses dois clubes vieram os três reforços que o Criciúma apresentou na tarde desta quarta-feira, 9. Do Galo, o volante Adriano e o meia Alessandro Vinícius. Do Goiás, o atacante Zeca. "São importantes reforços, jovens e com qualidade, que vêm para nos ajudar nessa campanha de acesso à Série B", garantiu o superintendente de futebol do Tigre, Serginho Lopes.

Os três se somam ao elenco do Criciúma que segue na disputa da Série C do Campeonato Brasileiro.

Um volante que joga nas duas

Adriano da Silva Barros Junior tem 21 anos, é goiano de Anápolis e foi formado na base do Atlético Goianiense. Nesta temporada, fez parte do elenco do Atlético (MG) na campanha do título do Campeonato Mineiro. "Ele é um volante com facilidade para jogar como primeiro ou segundo. Joga nas duas, e já atuou na equipe principal do Atlético esse ano", sublinhou o diretor-executivo de futebol do Criciúma, Evandro Guimarães.

"Eu agradeço a oportunidade, por apostar e acreditar no meu trabalho, podem ter certeza que vai ter dedicação e entrega", afirmou Adriano. Ele vem para disputar posição com titulares importantes do Tigre, como Foguinho e Eduardo. "Os dois tem muita qualidade, mas como o campeonato é longo vão surgir oportunidades e eu vou substituir à altura", garantiu.

Adriano veio do Galo para o Tigre

Convidado a se definir, ele usou a terceira pessoa. "O Adriano é um cara trabalhador, aguerrido, buscando fazer as coisas certas dentro e fora de campo, sempre dando o seu melhor, se não for na técnica, na tática", afirmou. "Eu vou lutar pelo meu espaço, independente da opção do treinador, vou sempre tentar gerar uma dúvida para ir para os jogos, contando com o Adriano", reforçou o atleta.

Adriano tem gostado do que viu em Criciúma até agora. "A cidade é ótima, me acolheu muito bem. O clube eu conheço um pouco da história, ganhou a Copa do Brasil, a Série B, que é onde merece estar, na A, na B", registrou.

A promessa do Galo

Alessandro Vinícius Gonçalves da Silva, 21 anos, é mineiro de Itabira. Revelado na base do Atlético em 2015, fez parte do elenco profissional neste ano. "O Vinícius está no Atlético desde os dez anos, joga nas três funções, na beirada, no meio e no lado esquerdo", defendeu Evandro Guimarães.

"Sinto muita felicidade em defender as cores do Criciúma, venho com muita vontade e disposição para conquistar o acesso", comentou o meia. "Eu jogo mais ofensivamente, mais próximo ao gol. Gosto de ir para cima, no 1 contra 1, finalizar de longa e média distância", garantiu o jogador, que é apontado como uma promessa do Atlético para o futuro. "Eu jogo nas três funções e posso fazer como meia armador, gosto de finalizar de fora da área", argumentou. "Não tenho preferência, estou à disposição para jogar onde for necessário. Tenho facilidade para jogar nessas três funções", emendou.

Alessandro Vinícius chega com status de promessa do Atlético

Mas Vinícius ainda não jogou nesta temporada. "Esse ano eu não tive oportunidade de atuar ainda, estava na equipe de transição do Atlético, venho bem preparado, assim que o professor precisar eu estarei à disposição", resumiu. O jogador enfrentou um drama na temporada passada, uma grave lesão que ele assegura já ter superado. "Em 2019 eu tive uma grave lesão, rompi todos ligamentos do tornozelo, mas estou recuperado já", confirmou.

"Para mim é uma oportunidade única, representar o Criciúma, uma grande equipe, me sinto feliz e honrado por essa oportunidade. Espero vir, fazer meu melhor e ajudar a conquistar o acesso e o título da Série C", contou o meia, que conhece ao menos um dos colegas do atual elenco tricolor. "Já trabalhei com o Carlos César, um grande amigo, excelente profissional, que me passou boas referências, foi o que me motivou a vir", destacou.

Mais uma opção para fazer gols

José Joaquim de Carvalho, o Zeca, tem de 23 anos, começou na base do Bahia e jogou no Ypiranga (BA) e no Boavista, de Portugal, transferindo-se para o Goiás, que defendeu nas duas últimas temporadas. "É um atacante de área que veio do Goiás, que vai nos ajudar muito. Um atacante de referência com muita mobilidade", apresentou Serginho Lopes.

"Venho para demonstrar o meu melhor, vou dar o meu melhor em campo para conquistar o que o clube deseja, que é o acesso", assinalou, prometendo a briga pela vaga na Série B. "As partidas da Série C são muito duras, um campeonato intenso, rápido. Espero que nossa equipe continue nessa batida, que eu vinha acompanhando o Criciúma, que a gente consiga o acesso que é o mais importante", explicou.

Zeca já demonstrou ter algum conhecimento do atual Criciúma. Deixou elogios para Michel, o atacante que anotou dois gols na atual campanha. "O Michel é um grande jogador, vi que ele está dando conta do recado", frisou. "Eu venho para agregar, estou à disposição. Sou um atacante de área, com mobilidade, gosto de buscar o jogo e espero ajudar da melhor maneira", pontuou. 

Zeca jogou três partidas do Brasileirão pelo Goiás

Dos três reforços, Zeca é o que chega com mais ritmo de jogo. Treinou até o fim de semana no Goiás e entrou em campo algumas vezes no atual Brasileirão. "Sim, me sinto em condições de jogar logo, vim treinando até sábado, fiz três partidas na Série A, me vejo em condições de atuar o mais rápido possível", referiu.

O novo atacante tricolor não quis colocar uma meta de gols, mas registrou que aproveitará seu período no Tigre da melhor forma possível. "Meu empréstimo é até 31 de janeiro, vim para ajudar, espero fazer os gols que o Criciúma precisa, espero ajudar com gols e assistências", afirmou. Ouça as apresentações dos novos reforços do Criciúma no podcast:

Em campo

Os reforços ainda não estarão integrados ao grupo para o jogo desta sexta-feira, 11, às 20h, contra o Ituano, fora de casa, pela sexta rodada da Série C.