Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Tigre e Macaca duelam por R$ 1,7 milhão

Bola rola às 19h no estádio Heriberto Hülse pela segunda fase da Copa do Brasil
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 08/04/2021 - 10:00Atualizado em 08/04/2021 - 12:30
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Tigre e Ponte Preta enfrentam-se nesta quinta-feira, 8, às 19h no estádio Heriberto Hülse de olho nos R$ 1,7 milhões, premiação referente ao avanço à terceira fase da Copa do Brasil. Até o momento, as duas equipes já receberam R$ 1,235 milhões pela participação na competição (R$ 560 mil pela primeira fase e R$ 675 mil pela participação na segunda).

Para o confronto, o técnico Wilsão prometeu mudanças no Tigre, após avaliar o empate em 1 x 1 contra o Marcílio Dias, em Itajaí, no último domingo. No entanto, o interino não anunciou em quais setores deve alterar a equipe.

Sem desfalques, quem pode pintar como surpresa é João Carlos, autor do gol de empate contra o Marinheiro, e Uilliam Barros, titular nas duas primeiras rodadas do Catarinense com Hemerson Maria e recuperado de lesão desde o empate contra o Próspera, quando esteve no banco de reservas.

"Sempre que possível vamos jogar em linha alta, é importante o time estar compactado. Quando a Ponte Preta tiver o domínio e tivermos que recuar as linhas, estaremos preparado para esses momentos", disse Wilsão em coletiva pré-jogo.

Do lado da Ponte Preta, o técnico Fábio Moreno tem três desfalques: o zagueiro Ednei, o meia Renan Mota e o atacante Paulo Sérgio, os três em recuperação de lesão. A Macaca treinou na manhã de quarta-feira no Moisés Lucarelli, antes de vir ao Sul catarinense.

A expectativa é pelo retorno de Camilo, meia de 35 anos, à equipe. Barreto, volante ex-Tigre, também está cotado para começar a partida. 

No Paulistão, a Ponte Preta tem a quarta pior campanha, com quatro pontos em quatro jogos: a última partida foi no dia 13 de março, vitória contra o Botafogo, por 1 x 0, em Ribeirão Preto.

As duas equipes chegaram de formas distintas à segunda fase da Copa do Brasil: o Tigre segurou um 0 x 0 contra o Marília, em Cariacica, enquanto a Ponte venceu o Gama, no Distrito Federal, por 2 x 1.

A bola rola às 19h e a transmissão do Timaço da Rádio Som Maior começa às 18h, pelo 100,7 no FM e pelo player no portal 4oito.

Ficha Técnica

Criciúma x Ponte Preta, válido pela segunda fase da Copa do Brasil

Horário: 19h

Local: estádio Heriberto Hülse

Arbitragem: Paulo César Zanovelli, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Celso Luiz da Silva (trio de Minas Gerais)

Criciúma: Gustavo; Claudinho, Alemão, Philipe Maia e Hélder; Adenilson, Eduardo, Moacir e Dudu Figueiredo; Pedrinho (Uilliam Barros) e Gabriel Silva. Técnico: Wilsão.

Ponte Preta: Ygor Vinhas, Apodi, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Barreto, Dawhan (Vini Locatelli), Pedrinho, Camilo e Moisés; João Veras. Técnico: Fábio Moreno.