Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Tigre deve voltar ao 4-4-2 para enfrentar o Atlético Goianiense

Eduardo, Caíque e Foguinho ganham vaga no meio-campo, com saída de Daniel Costa por opção de Waguinho
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 18/09/2019 - 13:37Atualizado em 18/09/2019 - 13:37
Foto: Jota Éder
Foto: Jota Éder

Com três partidas sem vencer, o técnico Waguinho Dias já ensaia algumas mudanças em relação ao que vinha projetando como equipe ideal no Criciúma. Os retornos de Foquinho e Eduardo aumentam as opções no meio, mesmo com a ausência de Wesley. É justamente a volta de Foguinho que aponta para a troca estrutural na equipe: a volta do esquema com quatro meio-campistas.

Sem Wesley, Eduardo entra naturalmente na função de segundo homem do meio-campo, formando novamente dupla com Liel. Os dois voltam a atuar juntosm depois do empate sem gols contra o Cuiabá, na 20ª rodada. Foguinho entra na vaga de Reinaldo, suspenso, aumentando o número de jogadores no setor de meio. 

Além das suspensões, Waguinho indica outra mudança no meio-campo, esta por opção. Daniel Costa, ainda muito oscilante nas partidas, pode sair do time. Quem deve ganhar a vaga é Caíque, autor do passe para o gol de Léo Gamalho na derrota para o América-MG. Outra mudança por opção é a entrada de Carlos Eduardo no lugar de Maicon.

O time que treinou na tarde chuvosa de terça-feira foi: Bruno Grassi; Carlos Eduardo, Sandro, Derlan e Marlon; Liel, Eduardo, Caíque e Foguinho; Vinícius e Léo Gamalho. Durante a atividade, Daniel Costa e Andrew entraram nos lugares de Caíque e Foguinho.

O Tigre enfrenta o Atlético Goianiense na sexta-feira, a partir das 19h15, no estádio Heriberto Hülse. A vitória é fundamental para deixar a zona de rebaixamento da Série B.