Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Tigre busca zagueiro e tenta abater pena de Dal Farra

Vitão deixou o Pelotas para reforçar o Criciúma. Presidente e volante Eduardo são alvos de recursos do clube ao TJD
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 20/02/2020 - 11:43Atualizado em 20/02/2020 - 11:47
Zagueiro Vitão, ex-Pelotas e agora a caminho do Criciúma / Divulgação
Zagueiro Vitão, ex-Pelotas e agora a caminho do Criciúma / Divulgação

O zagueiro Vitão está acertado com o Criciúma. "O Vitão realmente recebeu uma proposta do Criciúma, mostrou interesse em deixar o Pelotas, abriu mão do salário, que era um valor alto para um jogador que não era titular, e como demonstrou interesse de sair, o Pelotas tem que contar com jogadores que querem ficar. Ele está indo para o Criciúma", confirmou o diretor de futebol do Pelotas, Tiago Gaúcho. A informação foi antecipada ontem pelo portal 4oito. Vitão já rompeu com o Pelotas e está a caminho de Criciúma, devendo ser anunciado oficialmente nas próximas horas.

Enquanto isso, o departamento jurídico ocupa-se de duas missões: os recursos às punições impostas ao presidente Jaime Dal Farra e ao volante Eduardo. Sobre Dal Farra, o clube recorreu da suspensão de 90 dias e da multa de R$ 5 mil aplicadas depois da entrevista que o dirigente concedeu à Rádio Som Maior, após a derrota para o Juventus em Jaraguá do Sul, quando Dal Farra desferiu duras críticas à Federação Catarinense de Futebol (FCF). O recurso ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) será julgado na tarde desta quinta-feira, 20. Dal Farra é alvo de protesto de torcedores nesta quinta, com dois outdoors contra ele tendo sido custeados por torcedores e distribuídos pela cidade.

Confira também - Outdoors contra Dal Farra ganham as ruas

Sobre o volante Eduardo, ele foi suspenso por quatro jogos em julgamento nesta quarta, 19, no TJD. O jogador foi suspenso por declarações contra a arbitragem do jogo diante do Marcílio Dias. Das quatro partidas, ele já cumpriu uma. O clube tenta diminuir a pena imposta ao atleta. Ele está citado no artigo 243 F do CBJD, por ofensas à honra do árbitro. O advogado Rodrigo Sakae é encarregado de defender o Criciúma nas duas ações.