Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

“Temos que enxugar o Estado”, afirma candidato ao Governo de SC pelo PSL

Carlos Moisés da Silva é uma das novidades nas eleições 2018
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 06/08/2018 - 10:09Atualizado em 06/08/2018 - 10:23

Uma das novidades nas eleições deste ano é a candidatura do Carlos Moisés da Silva Carlos Moisés da Silva ao Governo do Estado pelo PSL, partido de Jair Bolsonaro. Ele terá como vice a advogada Daniela Reinehr. Além disso, o presidente estadual do partido, o tubaronense Lucas Esmeraldino, é o candidato ao senado.

“A política partidária foi algo novo que surgiu na minha vida com o convite de integrar este time que apoia Jair Bolsonaro. Isso foi o que nos atraiu. Não só os ideais partidários, conhecendo todo o estatuto partidário, mas também as bandeiras levantadas pelo presidenciável Jair Bolsonaro. E também a ideia de renovação. O que me trouxe a sair da minha condição de conforto foi a indignação que nós temos, apresentar uma alternativa nova e também colocar a mão na massa. Se você só reclama, mas não se coloca à disposição você cai no discurso que demoniza a política e deixa o estado na mãos que não deveria estar”, afirmou o candidato ao Governo.

Para Silva o maior problema no Estado de Santa Catarina e no Brasil hoje é a corrupção. “Você teria recursos para muitas áreas desde que a gestão fosse justa e honesta. Seria como você ter um orçamento familiar e ganhasse R$ 100 mil e os seus filhos desviassem R$ 80 mil, R$ 90 mil ou R$ 95 mil. E você não tivesse dinheiro para atender as suas prioridades. Entendemos que temos que enxugar o Estado. Esta é uma bandeira não só de Santa Catarina, mas uma bandeira nacional”, esclareceu.