Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Suspeito de receptar joias e dólares de idoso aguardará julgamento na cadeia

O conduzido alegou que não tinha como comprovar a origem dos dólares
Redação
Por Redação Tubarão - SC, 14/02/2020 - 21:21
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um homem preso em flagrante na noite de quinta-feira, 13, em Tubarão, com US$ 700 e um anel de ouro, teve sua prisão preventiva decretada em audiência de custódia promovida nesta sexta-feira (14/2), na sede da comarca local. A polícia teria abordado um veículo com dois homens e com um deles foram encontrados os itens. 

O conduzido alegou que não tinha como comprovar a origem dos dólares, que serviriam para compras no Paraguai. Disse ainda que tem por costume andar com quantias em dinheiro, inclusive em moeda estrangeira.

Sobre o anel, afirmou que comprou a joia na internet, porém não conseguiu apresentar a conversa de negociação do item pelo fato de que, segundo ele, depois da venda as mensagens saem do aplicativo.

No entanto, há poucos dias, dólares e joias, entre outros itens, foram roubados de um casal de idosos e uma das vítimas deste crime reconheceu o anel que estava com o homem. 

Na decisão, está destacado o fato do homem estar em cumprimento de pena por crime doloso no regime aberto e demonstrar que, solto, apresenta risco à sociedade, visto que "nem a mais grave das consequências penais, qual seja, a condenação criminal com trânsito em julgado, foi capaz de deter sua sanha criminosa".

"De outro lado, o fato de estar na posse de objeto de crime praticado há pouco. Crime este que foi praticado com brutalidade contra dois idosos, a demonstrar o risco à sociedade com a soltura do preso", anotou o juiz ao decretar a preventiva.​​​