Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Série B do Catarinense sob risco

Problema está relacionado aos testes que precisam ser realizados em atletas e comissão técnica
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 27/09/2020 - 13:12
Foto: Luana Mazzuchelo/4oito
Foto: Luana Mazzuchelo/4oito

Previsto para ocorrer em novembro, a Série B do Campeonato Catarinense está sob risco. O motivo foi revelado pelo presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Rubens Angelotti, durante entrevista ao Programa Som Maior Esportes, da Rádio Som Maior. “Se tiver que fazer teste PCR para Covid-19 vai ser uma dificuldade para os clubes. Vai testar em torno de 30 pessoas entre atletas e comissão a R$ 250, todo jogo, olha quanto que vai dar para cada clube”, disse.

O Próspera é um dos clubes que disputará a competição. Angelotti falou ainda que a federação tenta uma alternativa junto à Secretaria de Estado da Saúde. “Estamos buscando com o Estado fazer o PCR na chegada e fazer monitoramento como era o protocolo anterior do governo. Depois o teste rápido antes de cada jogo. Se os clubes bancarem fizemos, a FCF não tem condições de bancar”, afirmou.

Nesta semana, o presidente da FCF visitou as instalações do Próspera. No estádio Mário Balsini, ele conheceu os projetos e as mudanças que o clube vem fazendo na estrutura. Além disso, entregou um kit dos regulamentos e manuais do Futebol Brasileiro de 2020, produzido pela CBF, ao presidente do clube, Israel Rocha Alves.

Ouça a entrevista na íntegra: