Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“Ser do Bolsonaro não elimina ser de SC”, diz Jorge Seif, pré-candidato ao Senado ​​​​​​​

Ex-secretário de Aquicultura e Pesca foi o entrevistado desta segunda-feira, dia 23, no Parlatório
Por Geórgia Gava Criciúma, SC, 23/05/2022 - 21:29 Atualizado em 23/05/2022 - 21:45
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O pré-candidato ao Senado, indicado pelo presidente da República para representar o Estado de Santa Catarina, Jorge Seif Júnior, participou da live do Parlatório desta segunda-feira, dia 23. Aos jornalistas Adelor Lessa e Upiara Boschi, o  ex-secretário de Aquicultura e Pesca comentou suas impressões sobre o cenário político e a amizade que mantém com Jair Bolsonaro. 

“Eu conheci o presidente e nunca pedi nada a ele. Simplesmente, tive um encontro e, enquanto um empresário peixeiro de Itajaí, vendo os problemas que a pesca brasileira tinha, fiz uma lista. O Brasil é potência nos grãos, nos suínos, nas aves, nos bovinos e, quando se fala em pesca, a gente produz pouco e importa muito. Então, eu entreguei essa lista para o presidente e ele falou: 'Não quer um Brasil diferente? Você entende do negócio? Vem mudar a pesca comigo e fazer parte do Governo”, comenta o pré-candidato.

O convite para concorrer ao pleito surgiu em 2020. “Nunca pedi ao presidente para ser candidato. Eu estava aqui em Brasília e ele me ligou e pediu para ir ao Palácio da Alvorada. Sentamos eu, ele e o senador Flávio Bolsonaro. Ele foi me falando dos feitos do Governo Federal, no entanto, disse que várias pautas importantes para o Brasil estão paradas na Câmara e no Senado. E me disse: ‘Quero que você se prepare, você é o meu homem de confiança em SC e vou te lançar no Senado”, conta Seif.

Para o ex-secretário, a proximidade com o presidente e os ministros pode fazer a diferença no pleito. “Eu tenho certeza que não existe, hoje, nenhum pré-candidato ao Senado que goze desse prestígio”, acrescenta. “Ser do Bolsonaro não elimina ser de SC, muito pelo contrário, se nós tivéssemos todos os senadores próximos do Governo Federal, bem como, o nosso governador, o Estado ganharia muito. Gozando de prestígio com o povo de Santa Catarina, com certeza, eu farei, se for chancelado pelos catarinenses, diferença com o protagonismo que nenhum representante nosso teve dentro do parlamento e, ao mesmo tempo, no Executivo”, finaliza Seif.

Ainda, no Parlatório, as últimas impressões da política de Santa Catarina, bem como do Brasil, pelos jornalistas Adelor Lessa e Upiara Boschi. Assista a transmissão completa pelo Youtube do Portal 4oito. 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito