Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Roubos, furtos e saques de cargas diminuíram 70% em Santa Catarina

Redução diz respeito a 2019. Foram 60 ocorrência, contra 198 em relação ao ano anterior
Redação
Por Redação Florianópolis, SC, 01/06/2020 - 17:09Atualizado em 01/06/2020 - 17:10
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os casos de roubos, furtos e saques de cargas diminuíram 70% em 2019 comparados com o ano anterior, em Santa Catarina. Foram 60 ocorrências  em 2019 contra 198 em 2018. Os dados são Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e foram apresentados nesta segunda-feira, 1, em videoconferência, na Federação das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc).

Das 60 ocorrências registradas em 2019, houve 11 furtos, 28 roubos e 21 saques de cargas. Já em 2018 foram 37 furtos, 11 roubos e 50 saques de cargas. Os dados estatísticos mostram, ainda, que de 2015 a 2019 houve queda de 81% nos índices de roubos de cargas e de 97% nos índices de furtos de cargas, no Estado.

Em relação aos procedimentos policiais da DFRC de 2019, 104 pessoas foram indiciadas por delitos relacionados à subtração e receptação de cargas; houve 20 representações de prisões temporárias; 82 representações de prisões preventivas e 115 representações de mandados de busca e apreensão.

Em 2020, de janeiro a abril, 37 pessoas foram indiciadas; houve 17 representações de prisões temporárias; 28 representações de prisões preventivas; 33 representações de mandados de busca e apreensão; R$ 13,1 milhões em valores foram recuperados e R$ 11 milhões sequestrados em inquérito policial em trâmite na DFRC.

“A Polícia Civil cumpre o seu papel de auxiliar, proteger e apurar os crimes para que todos aqueles que são produtores e geram divisa tenham a segurança no seu dia a dia no transporte”, analisa o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich. “Os números são expressivos e demonstram a qualidade do policial civil catarinense no combate ao furto e aos roubos de cargas e o comprometimento da segurança pública de Santa Catarina”, completa Koerich, reconhecendo a importância da parceria com a Fetrancesc.

Viatura é doada pela Fetrancesc

Nesta segunda-feira, a Fetrancesc fez a doação de mais uma viatura à Polícia Civil, que será utilizada pela delegacia especializada da DEIC. Este é o terceiro veículo doado pela entidade à Polícia Civil. Para o delegado Osnei Valdir de Oliveira, titular da DFRC, a queda dos números representa a união de esforços, a parceria com o setor privado, a troca de informações e as condições de suporte à equipe, além do entrosamento entre os policiais.

Na videoconferência, o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli, avaliou os números obtidos como fantásticos. "Os resultados merecem destaque e o nosso agradecimento à Polícia Civil", pontuou.