Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Rinaldo da Rosa: de Criciúma para Ilhas com escala nos EUA

Proprietário do restaurante Ponta da Ilha foi o entrevistado do programa Nomes & Marcas do último sábado
Por Guilherme Nuernberg 23/02/2020 - 18:50
Foto: Luana Mazzuchello
Foto: Luana Mazzuchello

Nome conhecido no ramo de restaurantes, numa região rica do sul do estado, Rinaldo da Rosa foi o entrevistado do programa Nomes & Marcas, na Rádio Som Maior, deste sábado, 22. Ele é proprietário do restaurante Ponta da Ilha, especializado em comida açoriana, localizado no Balneário Ilhas em Araranguá.

Ele fala como foi parar no Estados Unidos, sua paixão pela pesca e a pressão de comandar um restaurante. "Não consegui o visto e entrei pelo México, foram 15 dias de viagem. De 21 pessoas só eu e mais três conseguimos chegar lá. Depois mais 72h de ônibus até Boston. Lá trabalhei em peixaria, entreguei jornal. Foi uma história de muita luta", afirma.

Rinaldo conta que apesar de todo os seus antepassados serem pescadores, seu pai não queria deixá-lo pescar. "Com oito anos eu pescava escondido do meu pai. Apanhei algumas surras porque ele não gostava. Ele nunca imaginou que eu seria pescador, mas eu fugia para pescar. Com o tempo ele viu que eu gostava, aí comecei a ir pescar com ele de tarrafa", lembrou da Rosa.

O empresário conta que aprendeu fora do país técnicas para armazenamento de frutos do mar. "A maioria do peixe que eu sirvo sou eu que pesco. Depois limpo e armazeno. Trabalhei numa peixaria no Estados Unidos por sete meses, eu aprendi técnicas para guardar camarão ou qualquer outro peixe", relata.