Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Quem serão os candidatos ao Governo de Santa Catarina?

Roberto Azevedo destaca que cenário das Eleições 2018 em SC ainda é inconclusivo
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 09/07/2018 - 11:30Atualizado em 09/07/2018 - 11:35
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Aconteceu neste domingo (8) uma reunião entre Gelson Merisio e Raimundo Colombo (PSD), Esperidião Amin e Silvio Dreveck (PP), João Paulo Kleinubing (DEM) e Paulo Bornhausen (PSB) para definir a aliança e montagem da chapa para as Eleições 2018. Mas o encontro, que aconteceu no escritório de Amin, foi inconclusivo.  As candidaturas de Merisio e de Amin ao Governo de Santa Catarina continuam postas.

“Ainda continua em aberto a grande pergunta: quem será candidato a governador nesta chapa? Temos que pensar assim, Gelson Merisio começou a trabalhar neste projeto há dois anos. Em abril do ano passado ele já se colocava na posição de pré-candidato ao Governo e fez recentemente o relançamento da sua pré-candidatura. Eu conversei com Esperidião Amin e ele não quis detalhar a reunião, até porque eles voltam a conversar até o fim desta semana para estabelecer quem vai ocupar que vaga na majoritária”, disse o jornalista político Roberto Azevedo, em entrevista na manhã de hoje ao Programa Adelor Lessa.

Azevedo destaca que Amin lidera as pesquisas de intenção de voto e tem credibilidade. Já Merisio tem a vontade e tem a vantagem de ter construído alianças. “É importante dizer que, neste encontro, o que chamou a atenção foi a presença de João Paulo Kleinubing que também conversa com o outro lado, também tem conversas com Mauro Mariani, do MDB, com o deputado Jorginho Mello. Então é um momento decisivo realmente. É, de fato, uma situação a ser definida”, afirmou.

O comentarista destaca que não é nem possível arriscar um palpite. “A pergunta ainda é inconclusiva. Não dá para dizer quem está mais forte ou mais fraco. É briga de cachorro grande”, ressaltou.