Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

PSDB Criciúma apoia Bolsonaro no segundo turno

Prefeito de Criciúma diz que partido deve decidir posição com relação a eleição estadual amanhã
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 10/10/2018 - 08:59Atualizado em 10/10/2018 - 09:04
(foto: Clara Floriano/ 4oito)
(foto: Clara Floriano/ 4oito)

Nem Jair Bolsonaro (PSL) e nem Fernando Haddad (PT). Geraldo Alckmin, presidente do PSDB, informou ontem que o partido não apoiará nenhum dos presidenciáveis no segundo turno. O anúncio foi feito após a reunião da Executiva Nacional do PSDB. A cúpula do partido decidiu liberar os diretórios estaduais para que façam a escolha de quem apoiar. Em Criciúma, o diretório municipal já escolheu quem apoiará no segundo turno.

“O comando estadual do partido (PSDB) teve uma reunião na segunda-feira à noite, mas nós, prefeitos e vice-prefeitos, nos reunimos e decidimos, juntamente com o comando que à nível nacional, aquele que representa o que o PSDB sempre pregou. Sempre rivalizamos com o PT. O nosso modo de fazer política é bem diferente do PT e quem representou isso foi Geraldo Alckmin. Quem representa no segundo turno este pensamento diferente do PT é Jair Bolsonaro. O diretório municipal do partido então decidiu estar com Bolsonaro no segundo turno”, esclareceu Salvaro.

Entretanto, segundo Salvaro, o partido ainda não tem posição com relação a eleição estadual. Amanhã uma reunião da executiva de Criciúma deve acontecer para que uma posição seja tomada.

“Eleição muitas vezes fica acima da amizade, tem que ser levada a sério. Nada é mais passageiro que o resultado de uma eleição. Há muitos que votaram no Bolsonaro, já estão com um pé atrás, se perguntando se Bolsonaro será da velha política, porque aqui ele não está nem com um e nem com o outro. É preciso ter muito equilíbrio neste momento. Então, o PSDB amanhã vai tomar esta decisão”, esclareceu.