Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Projeto Cidades do Sul chega a Cocal do Sul

Município completa 28 anos de emancipação na quinta-feira
Erik Behenck
Por Erik Behenck Cocal do Sul - SC, 25/09/2019 - 07:12Atualizado em 25/09/2019 - 10:38
(foto: Luana Mazzuchello)
(foto: Luana Mazzuchello)

Cocal do Sul completará 28 anos de emancipação amanhã. Para comemorar a data, o Projeto Cidades do Sul esteve na cidade, com a apresentação ao vivo do Programa Adelor Lessa.

O prefeito Ademir Magagnin, a vice-prefeita Cirlene Gonçalves Scarpato e o escritor e ex-vereador Hilário Ernesto de Fáveri foram alguns dos entrevistados nesta manhã.

Acompanhe ao vivo:

09:07

A transmissão ao vivo do Programa Adelor Lessa Especial com o Projeto Cidades do Sul fica por aqui. Hoje às 22h30 tem show nacional com o cantor Daniel, dando início a 7ª Cocalfest, que segue até domingo, 29. Voltamos em breve.

09:04

Ademir Magagnin: "Eu  tive a oportunidade de poder fazer algo por Cocal do Sul. Temos a festa da cultura e da história. Parabéns a todos os sul-cocalenses", comentou o prefeito.

09:02

Adelor Lessa e Daniel Serafim:

09:01

Daniel Serafim: "Chegamos em Cocal pela Eliane. Tivemos o prazer de adquirir um negócio próprio em Cocal. A gente é apaixonado por Cocal. Os nosos clientes nos tratam bem e somos queridos, só temos a agradecer", comentou gaúcho e proprietário da Fatto a Mano, de onde o Programa Adelor Lessa foi transmitido ao vivo.

08:56

Ademir Magagnin: "A Casan também tem uma qualidade, mas assim temos uma empresa dentro da Prefeitura. Tu tem a resolução muito mais rápida, o que sobra de lucro da venda da água fica aqui. Todo o desenvolvimento passa pela infraestrutura".

08:55

Diretor do Samae de Cocal do Sul, Márcio Zanette: "Nós temos autonomia sobre o processo. Com certeza é um bom negócio ter o Samae dentro do município. Nós temos hoje três captações, da Linha Ferreira Pontes, do Rio Tigre e do Rio Cocal, trazemos essa água para a estação de tratamento e depois fizemos a distribuição", explicou.

08:53

Altair Lorival de Melo: "Eu não posso deixar de convidar o pessoal para vir participar da abertura da nossa festa, com show do Daniel", comentou. A Coopercocal atende mais de 300 empresas.

08:52

Altair Lorival de Melo: "Nós temos que estar caminhando pelas inovações, eu acredito que vamos dar a volta por cima e essas questões vão se resolver. Hoje a Coopercocal é a segunda melhor distribuidora do Brasil em questão de atendimento, a primeira no estado e a terceira fatura mais barata do Brasil. Isso é um motivo de orgulho". "E sem falar na qualidade, hoje nós temos ums sub-estação própria, quando eu cheguei em 2014 tínhamos somente um transformador, o que causava preocupação, hoje temos dois. Tem que garantir a energia de boa qualidade".

08:50

Altair Lorival de Melo: "Nós temos aproximadamente 11 mil clientes. Eu trabalhei 27 anos, mais da metade da minha vida, eu estou dentro da Coopercocal".

08:48

Presidente da Coopercocal, Altair Lorival de Melo: "A gente está à frente da cooperativa faz 5 anos. Estamos desenvolvendo um trabalho bacana para o interesse do consumidor, com o preço e a qualidade da energia. Se atrairmos empresas, vamos colaborar com o desenvolvimento do município". "Nós atendemos oito municípios, mas só Cocal do Sul é 100%, em Urussanga estamos em 45%, em Criciúma estamos no São Simão".

08:46

Conselheira fiscal da CDL de Cocal do Sul, Eliane Steimbach Gil: "A gente atende todos os nichos de mercado. A gente está fazendo várias campanhas no comércio. Temos 103 associados". Segundo ela, as lojas da cidade não devem em nada para as de outras cidades.

08:43

Presidente da associação empresarial de cocal do sul, Bruna Quarezemim: "Já teve um movimento para criar uma associação empresarial em Cocal, mas ela não continuou. A nossa próxima etapa será abrir um escritório da associação. Nossas reuniões acontecem na terceira semana de cada mês".


 

08:41

O deputado Luiz Fernando Vampiro comentou a situação da SC-442, confira aqui.

08:36

Hylario Ernesto de Fáveri: "Nós montamos o processo tudo aqui em Cocal. Nós íamos a Florianópolis buscar conforme a lei pedia. O processo ficou pronto e fomos com dois ônibus a Florianópolis fazer a entrega dos documentos. O Jairo Gaidzinski era deputado naquele momento e convidamos para fazer a entrega", disse. Foi a primeira votação eletrônica da América Latina, 4.939 votaram, sendo que 4.888 eleitores votaram SIM e 41 eleitores foram contra a emancipação", contou.

08:20

Jordana de Faveri falando sobre a educação em Cocal do Sul:

08:20

Jordana de Faveri: "Na última semana nós realizamos uma homenagem a toda a família Gaidzinski, por toda a sua visão de futuro, não só para a área empresarial, mas como também para a educação. Hoje o colégio tem como mantenedora a Eliane Revestimentos Cerâmicos", disse. "A família continuou participando como sócios beneméritos".

08:18

Diretora do Colégio Maximiliano Gaidzinski, Jordana de Faveri: "Ele iniciou em 1979 as suas atividades, com o ideal de formar mão de obra qualificada para a empresa, era uma ideia do doutor Edson Gaidzinski. Nós somos a melhor escola técnica de cerâmica do Brasil. Temos o nosso curso de ensino médio e participamos de cursos de treinamentos, em Criciúma e na região, assim como lá no Espírito Santo".

08:15

Aninha: "A gente já tomou essa iniciativa de tirar um pouco o trânsito de dentro do município de Cocal do Sul, com o binário. O anel de contorno viário é um sonho para todos os prefietos que passaram por aqui. O município vem crescendo e precisamos ter visão de futuro".

08:14

Vice-Prefeita de cocal do sul, Cirlene Gonçalves Scarpato, a Aninha: "É um prazer muito grande fazer parte dessa história. Essa oportunidade de resgatar e fazer algo pela educação é gratificante. Hoje Cocal do Sul é destaque na educação, nós não temos o foco apenas no pedagócico, estamos de olho no espaço físico, já que a criança precisa chegar na escola e ter um ambiente bonito. Nós temos 12 escolas no município e todas elas tem esse mesmo foco".

08:06

Hylario Ernesto de Fáveri: "Quando começamos o segundo processo, o primeiro passo foi falar com o prefeito de Urussanga. O Lions foi falar com o presidente da Eliane, ele disse que apoiava criar um município, mas perguntou o que viria depois".

08:05

Escritor, ex-vereador e presidente a comissão de emancipação, Hylario Ernesto de Fáveri: "Antes teve um processo primeiro, que o prefeito de Urussanga cassou o direito de fazer o plebiscito, no segundo processo nós tivemos êxito".

07:58

Ademir Magagnin: "Essa obra vai tirar praticamente todos os caminhões do centro. Isso vai aumentar cerca de 5 km, o que para o caminhão não é nada, já o cidadão não vai precisar passar pelo anel. Essa rodovia é importantíssima", comentou o prefeito em relação a um novo acesso. "Isso representa um grande avanço para Cocal do Sul".

07:44

O empresário Cladiomar da Cruz:

07:43

Leandro Dalló, da Cyan Tintas e Vernizes: "Eu acho que somos uma das únicas que não depende da Eliane, embora eu tenha crescido perto", disse. "Nós vamos completar 20 anos de mercado em maio, temos 60 colaboradores e atuamos no mercado nacional, a gente não faz tinta ou verniz para pintar casas, é tinta para impressão, para quem faz embalagem plástica, é algo que está no nosso dia a dia e ninguém se dá conta", completou.

07:40

Ademir Magagnin: "A Eliane nos anos 90 ela fazia tudo, tinha um segmento vertical. A partir disso começou a se preocupar com a produção do piso e do azulejo. Ela abriu e nasceu a tal da terceirização, então a partir disso nasceram muitas empresas, que no início produziam para a Eliane e depois viram que dava para expandir. Hoje temos aqui empresa que fornece para a Petrobras.

07:38

Cladiomar da Cruz: "Hoje a Ômega tem 53 colaboradores. No nosso segmento devem ter umas seis ou sete empresas", comentou. "Hoje, todas as empresas que nasceram em Cocal foram dependentes da Eliane, os indiretos são tudo em função deles".

07:37

Cladiomar da Cruz, empresário da Ômega Colorifícios Cerâmico: "Tudo o que vem na parte cerâmica nós conseguimos produzir aqui na Ômega. Estamos há 11 anos na área industrial 2".

07:25

Edson Gaidzinski Junior: "Nós temos fábrica na Bahia, em Criciúma e três fábricas em Cocal do Sul, nós empregamos 2.400 funcionários. É uma empresa que exporta para mais de 60 países. Nós colocamos um investimento de R$ 120 milhões, por enquanto está ocorrendo tudo muito bem. Eu só tenho que agradecer a comunidade por essa dedicação".

07:22

Empresário Edson Gaidzinski Junior: "Não somente investimento em emprego e renda, mas temos que ter a educação. O que nós fizemos é somente um agredecimento pelo que tem acontecido", disse, se referindo as ações da Eliane no município.

07:20

O prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin:

07:19

Ademir Magagnin: "Nós não temos a capacidade de confinar 200 ou 300 cabeças de gado. Ter 1.500 cabeças confinadas é coisa lá para o Mato Grosso. Cocal do Sul, nós nos preocupamos e estamos enchergando que o crescimento seja sustentável, não adianta investir somente em um segmento. Nós pensamos em investir em todos os segmentos", comentou.

07:17

Ademir Magagnin: "Hoje aqui nós temos lojas grandes, padrão de cidade grande. Hoje o cidadão que vem aqui encontra lojas padrão de shopping e isso também é possível pelo setor industrial", citou.

07:16

Prefeito Ademir Magagnin: "O motor que impulsiona essa cidade, sem dúvida nenhuma é o setor industrial. No entorno dele temos outras empresas que nasceram deste fomento, temos empresas de metalurgia. Cocal do Sul despertou esse olhar para a indústria, que é o carro-chefe e impulsiona. Queremos dar um destaque especial para a instalação de novas empresas, dando mais estrutura para essas áreas, é sem dúvida o nosso carro-chefe", comentou.

Tags: cocal do sul