Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Profissionais participam do Encontro Regional de Direitos Humanos e Diversidade

Participantes tiveram dia de atividades na Associação dos Aposentados de Içara
Redação
Por Redação Içara, SC, 19/11/2019 - 18:55
Divulgação
Divulgação

Capacitar para lidar com as diferenças. Esse foi um dos temas trabalhados no III Encontro Regional de Direitos Humanos e Diversidade de Içara. Realizado nesta terça-feira, 19, no auditório da Associação dos Aposentados, o encontro reuniu profissionais das áreas da educação, saúde e assistência social.

De acordo com a secretária de Saúde, Jaqueline dos Santos, o objetivo foi mostrar que todos são bem acolhidos nos serviços. "Nós, enquanto gestores do SUS, temos a responsabilidade de seguir os princípios básicos do sistema e assim, tratar todos da melhor forma possível, independente de qualquer coisa, e com isso, fortalecer o serviço e atendimento realizado às pessoas", comentou.

Para o dia de atividades, dois palestrantes conversaram com o público. Keila Simpson, que atua com movimentos sociais desde 1991 e iniciou o trabalho com prevenção à AIDS na Bahia e Kaio Lemos, que é escritor, mestrando em Antropologia pela Universidade Federal do Ceará. Os dois tiveram dois momentos durante o dia para conversar e tirar dúvidas do público.

Na avaliação do vice-prefeito de Içara, Sandro Giassi Serafin, o ambiente de aprendizagem do encontro reforçou o compromisso com o cuidado com o cidadão. "Hoje estamos participando de uma capacitação e entendemos que cada pessoa é única, e nosso dever é continuar trabalhando para garantir boa qualidade de atendimento à todos", comentou.

Aprendizado

Para os profissionais presentes, as palestras apresentadas durante o dia foram positivas. De acordo com o psicólogo Júlio César Bittencourt, as experiências transmitidas vão ajudar a melhorar nas consultas. "A capacitação fez com que possamos ter um olhar com ainda mais empatia, para que todos sejam contemplados com os princípios do SUS e recebam bom atendimento", pontuou. 

Em sua fala, o prefeito Murialdo Canto Gastaldon destacou a importância das diferenças na sociedade. "Tudo o que tem vida tem direito. A discriminação é horrível, pois quando há, alguém é privilegiado. O objetivo é buscar trabalhar a construção de uma sociedade justa e para fortalecer as comunidades", disse.