Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Prefeitura compromete-se com capa asfáltica do Porto Seco

Forças regionais trabalham na sensibilização para liberação de verbas do governo do Estado para as primeiras etapas de obras
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 29/10/2019 - 17:48Atualizado em 29/10/2019 - 17:49
Secretária Katia Smielevski pediu sensibilidade ao governo do Estado (Foto: Arquivo / 4oito)
Secretária Katia Smielevski pediu sensibilidade ao governo do Estado (Foto: Arquivo / 4oito)

Depois da audiência pública realizada no Sest Senat de Criciúma para tratar da instalação do Porto Seco, na última sexta-feira, o projeto parece avançar. A terça-feira, 29, foi de reuniões entre vereadores, prefeitura de Criciúma, lideranças empresariais e governo do Estado. A secretária de Obras de Criciúma, Katia Smielevski, comprometeu-se a concluir a última etapa de pavimentação das vias do Porto Seco.

Assim, a prefeitura promete realizar o capeamento asfáltico dos 3 mil metros de ruas no local.  "O Porto Seco é muito importante para a cidade porque as transportadores que estão estabelecidas nos bairros poderiam ir para este local, liberando o trânsito no município. É um local excelente em logística e o município se colocou à disposição de que faria a capa asfáltica, mas até lá precisa de outros recursos de drenagem, terraplanagem e estrutura do pavimento”, falou a secretária.

A pavimentação é tida como fundamental para que a cidade do transporte seja instalada no local, no bairro São João, na divisa com Içara. “Apresentamos o projeto do Porto Seco ao secretário de Estado de Infraestrutura, tentando sensibilizá-lo para liberar os recursos (das primeiras etapas) da pavimentação", concluiu Kátia. A reunião com o secretário de Infraestrutura de Santa Catarina, Carlos Hassler, foi realizada na tarde desta terça-feira na sede da Acic.

O vereador Salésio Lima (PSD), presidente da comissão de obras da Câmara de Vereadores, ressaltou a necessidade de comprometimento das partes interessadas no projeto. 

 “Nós tivemos reunião pela manhã com o Moacir (Dagostin, presidente da Acic), depois com o Salvaro (Clésio, prefeito de Criciúma), e agora com o secretário de Infraestrutura do Estado. Vamos fazer os estudos apropriados do custo dessa obra e o secretário ficou de conversar novamente sobre o tema. Quem está interessado nessa causa está empenhado em buscar valores”

Ainda não está definido como cada parte interessada poderá contribuir com o projeto. A ideia dos vereadores em audiência pública era, inclusive, conseguir verba através de emendas parlamentares. O presidente da Acic, Moacir Dagostin, fortaleceu o discurso de unidade na busca pela conclusão do projeto. “Tem que haver um esforço de todos, juntos, para resolver e construir essa cidade dos transportes. O Porto Seco fica do lado do anel viário”, avaliou.