Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Posto é interditado e dois são presos em Laguna

Funcionários estariam abastecendo veículos flex com etanol no lugar de gasolina
Redação
Por Redação Laguna, SC, 22/05/2020 - 20:43
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil, o Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) resultou na interdição de um posto de combustíveis e na prisão em flagrante de dois funcionários por crime contra as relações de consumo no Centro de Laguna.

A Delegacia de Polícia local iniciou o trabalho investigativo após denúncia encaminhada pelo Procon de Laguna. A denúncia dava conta que funcionários do posto de combustíveis estariam abastecendo veículos flex com etanol no lugar de gasolina. Após diligências preliminares que confirmaram a denúncia, o delegado William Testoni Batisti, que coordena a investigação, representou pela expedição de mandado de busca e apreensão no estabelecimento.

Na ação foi possível constatar que dois bicos de abastecimento sem identificação visual registravam eletronicamente o preço de R$ 3,44, preço que, no referido estabelecimento, era cobrado pelo produto gasolina. Conduto, ao realizarem a coleta de material para análise foi verificada a extração de líquido totalmente transparente, semelhante a álcool/etanol, cujo valor de cobrança divulgado pelo estabelecimento é R$ 2,89, gerando assim a prisão em flagrante dos envolvidos.

A ANP realizou a notificação e a interdição administrativa do estabelecimento em razão das irregularidades constatadas no local. A ação contou com o apoio de policiais civis da Delegacia da Comarca de Laguna, da DPCAMI Laguna, IGP/SC (Núcleo Laguna) e da ANP. A ação foi realizada na última quarta-feira, 20.