Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Ponte Hercílio Luz: Ex-prefeito de Criciúma no relatório final da CPI

Paulo Meller está entre os 26 citados no relatório do deputado Bruno Souza. Ele pede, ainda, a restituição de R$ 45 milhões ao Estado
Denis Luciano / Vitor Netto Florianópolis, SC, 02/12/2019 - 17:12Atualizado em 02/12/2019 - 17:32
Deputado Bruno Souza, relator da CPI da Ponte Hercílio Luz / Foto: Bruno Collaço / Agência AL
Deputado Bruno Souza, relator da CPI da Ponte Hercílio Luz / Foto: Bruno Collaço / Agência AL

O deputado estadual Bruno Souza (NOVO), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Ponte Hercílio Luz, apresentou seu relatório final nesta segunda-feira, 2, na Assembleia Legislativa (Alesc). Souza confirmou que, entre os 26 citados no documento final, consta o nome do ex-prefeito de Criciúma, Paulo Meller. Ele é mencionado em função do período em que foi presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). O documento tem 600 páginas e apurou que, desde 1980 até os dias atuais, a ponte já consumiu mais de R$ 688 milhões. As investigações apuram diversas irregularidades.

Entre os outros 25 nomes citados no relatório final estão políticos, funcionários públicos e empresários. Além da relação de nomes o relatório pede também a restituição de R$ 45 milhões aos cofres públicos estaduais. "Esses valores são provenientes de negligências no uso das verbas, valores que não se comprovaram o uso entre outras atividades. Se não foi comprovado o uso deste valor vamos pedir que ele seja devolvido", informa o deputado.

O documento com toda a listagem dos nomes está em fase de trâmite burocrático na Alesc e será divulgado no fim da tarde desta segunda. A comissão vota o relatório na próxima terça-feira, 10.

Mais detalhes no programa Ponto Final, na Rádio Som Maior.