Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Paróquia de Santa Bárbara encerra celebrações com igreja lotada

Paróquia realizou atividades em comemoração ao dia da Santa
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma, SC, 04/12/2019 - 17:42Atualizado em 04/12/2019 - 17:53
foto: divulgação
foto: divulgação

Foi com a igreja lotada, em um dia quente e com sol entre nuvens, que a Paróquia Santa Bárbara encerrou as comemorações do dia de sua padroeira, que aconteceu nesta quarta-feira, 4. As celebrações da santa iniciaram ainda no mês passado, com duas novenas que tiveram a participação das nove comunidades e de todos os serviços de pastoral, se estendendo até a tarde de hoje.
 
Na noite desta terça-feira, 3, véspera do feriado, a paróquia de Santa Bárbara realizou a acolhida da imagem da padroeira, que foi levada ao local após uma carreata que partiu do bairro Mina do Mato. Para o padre Wilson Buss, os dias de festa da igreja foram extremamente prazerosos e importantes para a comunidade - um momento de reflexão e celebração da Santa.


 
“Foi uma festa muito tranquila e familiar e creio que isso foi o principal diferencial. Aas pessoas puderam sentar, conversar e se encontrar, celebrando a data de uma padroeira tão importante como é a Santa Bárbara”, destacou.
 
Já para Maria Tereza Daré e Elma Marangoni, devotas da Santa, a data é comemorada com muito trabalho, alegria, orações e bons pensamentos. “Desde 1991 eu trabalho nas barraquinhas de comida da festa de Santa Bárbara, sempre dou um jeito de trabalhar. É uma maneira de demonstrar a gratidão por essa santa, que protege os mineiros e bombeiros de nossa cidade”, comentou Elma. “Muito antes de vir morar perto da paróquia a gente já orava por Santa Bárbara, em épocas de trovoadas e raios. Sempre fui muito devota à ela e, desde que vim para cá, tento ajudar nas barraquinhas de comida durante a celebração da data”, concluiu Maria Tereza.


 
Segundo o padre Wilson, o grande número de pessoas presentes durante as missas e celebrações da santa foi de extremamente importante para transformar a data em um momento muito mais lindo, repleto de fé e com testemunhos vivos. Para ele, comemorar o dia de Santa Bárbara é comemorar a história de Criciúma.
 
“Quando falamos de Santa Bárbara falamos de uma padroeira da cidade como um todo. Eu vejo essas celebrações como um resgate do nosso município. Criciúma deve a sua história e o seu crescimento a mineração, que alavancou de forma espantosa, e celebrar Santa Bárbara, que é padroeira dos mineiros é celebrar e resgatar a história de nossa cidade”, concluiu.