Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Para Esperidião Amin as oposições deveriam se unir

Candidato ao Governo de Santa Catarina falou sobre negociações no Programa Adelor Lessa
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 31/07/2018 - 09:28Atualizado em 31/07/2018 - 09:33

Esta é a última semana de convenções partidárias e conversações para definição de alianças e chapas. No último sábado aconteceu a convenção do Partido Progressista (PP) que confirmou a candidatura de Esperidião Amin ao Governo do Estado. Hoje, o candidato falou sobre suas propostas e negociações no Programa Adelor Lessa.

“Posso falar sobre as minhas propostas. Posso aproveitar para falar sobre a necessidade de oferecermos a juventude de Santa Catarina um ensino médio pujante, o melhor do Brasil. Que dê para a nossa juventude o tratamento no período mais difícil da sua vida, onde os desafios aparecem. Uma alternativa de uma educação ótima qualidade, que fortaleça a cooperação e o trabalho em equipe e dê convicção de que ele vai ser um sucesso”, afirmou.

Amin afirmou que defendeu que as oposições deveriam se unir e que o PSDB, através de Paulo Bauer, poderia oferecer um nome que unisse os dois partidos. “Isso não foi possível e não foi por falta do meu empenho. Temos Paulo Bauer, Gelson Merisio, João Paulo e Esperidião Amin opondo três candidaturas e não foi por falta de empenho da minha parte. Mas foram lançadas. Nem todas são definitivas”, esclareceu.