Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Papai Noel gostou da temporada no Rincão e ainda quer realizar pedido inusitado

Gilberto Taraskevicius diz que desejo de um menino envolvendo um cavalo foi o mais especial
Erik Behenck
Por Erik Behenck Balneário Rincão - SC, 13/01/2020 - 15:10
Foto: Luana Mazzuchello
Foto: Luana Mazzuchello

A segunda temporada da casinha de Natal foi um sucesso no Rincão. Mais de 5 mil pessoas passaram por lá e deixaram suas assinaturas. Foi uma iniciativa do grupo de Voluntários para o Desenvolvimento do Balneário Rincão (VDBR). Papai Noel foi encarnado por Gilberto Taraskevicius, para ele, esse é o novo espírito que toma conta do município.

“Foi bem gratificante. Foi o segundo Natal com essa casinha do Papai Noel e o segundo que eu encorporei, interpretando a figura da fábula do Papai Noel. Tivemos milhares de pessoas, principalmente crianças, avós e pais, com o sorriso e a alegria no coração, com um local totalmente preparado pelo grupo de voluntários”, comentou.

Papai Noel tem seus traços característicos, além de outros itens acrescentados para dar um visual praiano. “Eu tentei dar o meu melhor, a cada ano colocando um pouquinho mais de Rincão no Papai Noel, apesar de manter a simbologia, a roupagem e as cores. É um Papai Noel que sorri e abraça, que traz mais características daquela figura que sorri”, destacou.

O menino que pediu um cavalo de Natal

Entre tantos pedidos que Gilberto recebeu interpretando o bom velhinho, um deles chamou atenção. Um menino pediu um cavalo de presente, animal que seria utilizado por seu pai para manter o sustento da família.

“Essa cartinha foi uma das que mais me emocionou. O pedido dele era inusitado, não pediu um tablet e nem um celular, pediu um cavalo para substituir o que o pai usa, para continuar o trabalho e manter o sustento. Nós fizemos o contato com algumas pessoas, mas nada de concreto”, explicou Noel.

Quem puder ajudar a realizar o sonho do menino, pode entrar em contato com o Grupo de Voluntários, ou ir até a sede da Som Maior no Rincão.

“Ele quer um cavalo de tração, para ajudar no transporte de produtos de recicláveis. Aqui existem muitos animais, tem cavalos que ficam soltos e alguns até causam problemas, se alguém tem essa condição de nos atender, nos procure, esse será um dos melhores presentes de Natal que o Papai Noel pode dar”, comentou.

Tags: papai noel