Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Paço Municipal já começa a atender os cidadãos criciumenses

Além da reinauguração da estrutura, Prefeitura de Criciúma lançou também novo site
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 09/01/2018 - 12:42
(foto: Clara Floriano)
(foto: Clara Floriano)

A semana iniciou diferente na Prefeitura de Criciúma. A Administração Municipal passou a oferecer os serviços administrativos e de atendimento ao público no Paço Municipal Marcos Rovaris, reinaugurado no último sábado, durante a comemoração do aniversário de 138 anos de Criciúma. Atingido por dois incêndios em 2015, a edificação recebeu trabalhos de restauração, reforma e modernização, através de um projeto que valorizou a arquitetura original da estrutura, inaugurada em 1981.

Segundo o diretor de TI da Prefeitura, Tiago Ferro Pavan, toda a sede administrativa já foi transferida para o recém-reinaugurado Paço Municipal Marcos Rovaris e todos os serviços realizados na sede administrativa anteriores já são realizados ali.

“Dada a reinauguração no dia 6 e a retomada de atendimentos ontem, nós temos agora o planejamento de trazer as demais secretarias ao Paço Municipal. Nós temos a Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Obras que ainda não estão no Paço Municipal. Entretanto já temos planejamento para fazer essa migração de forma organizada para que não cause nenhum tipo de prejuízo ao cidadão”, comentou.

Novo site

Além da reinauguração, a Prefeitura lançou também o novo site, que promete trazer mais acessibilidade e agilidade aos cidadãos. A página pode ser acessada pelo mesmo endereço eletrônico, através do site criciuma.sc.gov.br.

“Tínhamos um site desenvolvido em 2010, mas de lá pra cá muita coisa mudou. Temos aí a ascensão dos dispositivos moveis, dos smartphones. A gente entende que o site da prefeitura é mais do que um site, é um portal de acesso. A gente tem uma média de 100 mil acessos/mês. Então víamos a necessidade de ter um local para centralizar os serviços online e também informações pertinentes”, esclareceu Pavan.