Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Os metros finais na Hercílio Luz

Última etapa da rede de esgoto na rua está sendo instalada. Em maio, a obra vai alcançar a Felipe Schmidt
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 17/04/2019 - 08:15
Foto: Daniel Burigo / A Tribuna / Arquivo
Foto: Daniel Burigo / A Tribuna / Arquivo

As semanas de transtornos na Rua Hercílio Luz estão perto do fim. A Casan está finalizando a última etapa de instalação de tubulações da rede. “Faltam 40 metros para concluir a rede na rua e mais sete ligações. Se não chover amanhã (hoje), domingo eles concluem”, informa a secretária de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski.

Nos últimos dias, as equipes vêm trabalhando no trecho da Hercílio Luz entre as ruas Lauro Müller e Santo Antônio. “Eles fizeram também uma extensão de rede para a Rua Teófilo Otoni, uma travessa sem saída que tem ali, pois viram a necessidade de atender um condomínio horizontal no fim da rua”, explica.

As próximas etapas

Concluídos os 40 metros de rede até esta quinta-feira, as ligações que faltam serão executadas entre o sábado e o domingo. “A partir de segunda-feira, estaremos com esse trecho liberado para a repavimentação”, confirma a secretária.

Encerrada a parte da Hercílio Luz, a Casan será autorizada, nos dias seguintes, a iniciar a obra na etapa seguinte, avançando pela Rua Felipe Schmidt até a esquina com Marcos Rovaris, executando o mesmo serviço, de instalação de tubos para a interligação com a rede de saneamento.

“Essa próxima fase vai começar na esquina da Felipe Schmidt com a Antônio Deluca, pois aquela quadra na frente do Angeloninho já tem o sistema, que foi feito na época da construção do Canal Auxiliar”, conta Kátia. 

As escavações na Felipe Schmidt começarão, conforme o cronograma aprovado pela Casan junto à Prefeitura, na primeira semana de maio. “São cerca de 400 metros, mas é difícil prever o prazo, pois depende muito da quantidade de ligações, pois cada imóvel tem uma”, refere a secretária.

Quando toda essa extensão estiver pronta e a rede efetivamente conectada, os consumidores estarão liberados para ligar seus imóveis ao sistema. “A partir daí, contarão com o tratamento do esgoto e, consequentemente, suas contas virão com o valor acrescido pelo serviço”, lembra. Atualmente, ainda vigora o acordo com a Casan – que está sendo rediscutido pela Prefeitura, sob ameaça de rompimento – de cobrar 100% sobre a tarifa de água a título dos serviços de esgotamento.

A futura recuperação

Encerrada a etapa que começa em maio, a Prefeitura entrará em ação para uma recuperação plena das ruas Hercílio Luz e Felipe Schmidt. “Daí, sim, com o contrato que temos com a Casan, faremos toda a fresagem, o capeamento asfáltico novo e, posteriormente, colocaremos a sinalização definitiva”, conclui.