Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O velho sonho da Copa Davis em Criciúma

A Copa do Mundo do Tênis mundial vai trazer os melhores atletas brasileiros para a cidade em setembro
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 17/05/2019 - 13:45Atualizado em 17/05/2019 - 13:51
O Brasil que perdeu a fase passada da Copa Davis para a Bélgica / Divulgação
O Brasil que perdeu a fase passada da Copa Davis para a Bélgica / Divulgação

Os melhores tenistas de Brasil e Barbados pisarão as quadras da Sociedade Recreativa Mampituba nos dias 13 e 14 de setembro para brigar por uma vaga no Grupo Mundial da Copa Davis. "É a Copa do Mundo do Tênis mundial", define o presidente da Federação Catarinense de Tênis (FCT), Alexandre Farias. "A Copa Davis existe desde 1900, está na sua edição número 119, e será muito importante para o Brasil ganhar esse confronto", sinaliza.

Ocorre que, com uma derrota sofrida para a Bélgica em fevereiro, o Brasil caiu para o Zonal Americano 1 - como que um rebaixamento - e a vitória sobre Barbados recolocará o país no Grupo Mundial, que terá sorteados os confrontos contra as melhores equipes do Mundo.

"Teremos os melhores tenistas brasileiros, o Brasil precisa dessa classificação. Teremos os melhores duplistas, Bruno Soares e Marcelo Melo, que são os melhores jogadores de duplas do mundo, já ganharam Grand Slams, outros grandes tenistas que estão chegando também", aponta Farias. "Era um desejo nosso, e principalmente meu como presidente, tentar trazer esse evento para Criciúma, para o Mampituba que tem todas as condições de realizar um grande evento", completa.

Alexandre Farias, presidente da FCT

A estrutura do Mampituba foi avalizada pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT). "O Mampituba não perde para qualquer clube do país em sua estrutura de tênis. Encaminhamos o pedido, fizeram vistoria nas nossas instalações aqui no Mampituba e deu tudo certo. Hoje podemos efetivamente afirmar que a Copa Davis será um evento histórico não só para o Mampituba como também para a cidade", AFIRMA.

Os confrontos com Barbados serão em melhor de cinco. Quem alcançar três vitórias primeiro, classifica. O confronto com Barbados foi sorteado, e o Brasil poderia ter enfrentado Venezuela ou Uruguai. A CBT deve iniciar em meados de junho a venda de ingressos para os jogos em Criciúma. "Será histórico para a nossa cidade", finaliza Farias.

Confira detalhes no podcast, na entrevista do presidente da FCT à Rádio Som Maior.