Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O Tigre riu por último. E riu melhor

Criciúma venceu o Hercílio, rebaixou o adversário e vai à semifinal contra o Avaí
Denis Luciano
Por Denis Luciano Tubarão, SC, 07/04/2019 - 17:55Atualizado em 07/04/2019 - 19:40
Foto: Kako Kanidia / Hercílio Luz FC
Foto: Kako Kanidia / Hercílio Luz FC

Contra o Joinville, vitória aos 49 do segundo tempo. Contra o Hercílio Luz, aos 44. Nas duas rodadas decisivas, o Criciúma conseguiu vencer nos instantes finais e garantir o que parecia impossível há algumas rodadas: a vaga na semifinal do Campeonato Catarinense.

Foi com emoção, já que o Marcílio Dias vencia o Figueirense desde o primeiro tempo enquanto o Criciúma, em um jogo nervoso e complicado pelas condições do pesado gramado do Anibal Costa, não conseguia a vantagem. No fim das contas, o 1 a 0 salvador que coloca o Tigre no mata-mata.

No próximo domingo, o tricolor visita o Avaí na Ressacada enquanto o Figueirense encara a Chapecoense na Arena Condá, nos jogos que definirão os finalistas do Estadual de 2019.

A rodada deste domingo teve ainda os jogos Figueirense 0x1 Marcílio Dias, Joinville 0x1 Tubarão, Metropolitano 2x1 Brusque e Chapecoense 1x2 Avaí. Metropolitano e Hercílio Luz foram rebaixados à Série B de 2020.

O jogo

O Hercílio tomou a iniciativa nos primeiros dez minutos. Em seguida, aos 12, um cachorro invadiu o gramado, alegrando a torcida no Anibal Costa. Juliano bateu falta com perigo, e Bruno Grassi salvou o Tigre. Andrew, aos 20, teve boa chance para o Criciúma, quase abrindo o placar.

O gol do Marcílio, perto dos 29 minutos, colocou o time de Itajaí no G-4, tirando o Criciúma da disputa. O jogo seguiu sem grandes emoções em Tubarão até que, aos 46 minutos, Victor Guilherme teve boa chance para a equipe da casa.

Daniel Costa e Léo Gamalho entraram no intervalo, nos lugares de Caíque e Reis. O gramado pesado continuava marcando a partida. Até uma porta foi utilizada para remover o excesso de água. Léo Pereira cobrou falta e Léo Costa, aos 6, quase anotou para o Hercílio. Sandro, aos 12, desperdiçou boa chance para o Criciúma.

Lima deu lugar a Moisés aos 21 minutos. Em seguida, Vinícius entrou no lugar de Reis no Criciúma. Victor Guilherme levou perigo ao gol tricolor aos 32, arrematando por cima.

Até que veio o gol do alívio e da classificação. Daniel Costa cobrou falta lançando na área e o zagueiro Derlan apareceu entre os defensores para mandar para a rede: Criciúma 1 a 0 e delírio da torcida tricolor que fez grande festa na casa do Hercílio. O resultado rebaixou o time de Tubarão e colocou o Criciúma na semifinal.

Na quarta o Tigre tem outra decisão pela frente. Encara a Chapecoense, no Heriberto Hülse, disputando vaga na quarta fase da Copa do Brasil.

Todos os detalhes nesta segunda-feira no Jornal A Tribuna.