Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

O primeiro Carnaval dos radares na Via Rápida

Entre os efeitos da estadualização, a sinalização reforçada e a presença da PMRv. Limpeza no trecho também melhorou
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma / Içara, SC, 24/02/2020 - 15:24Atualizado em 24/02/2020 - 16:57
Foto: Guilherme Nuernberg / 4oito
Foto: Guilherme Nuernberg / 4oito

Aberta oficialmente ao tráfego há 26 meses - foi inaugurada em dezembro de 2017 - a Via Rápida vive seu primeiro veraneio sob gestão efetiva do Governo do Estado. Estadualizada em novembro, e repassada ao comando da Secretaria de Estado da Infraestrutura, a rodovia que faz a ligação entre Criciúma, Içara e a BR-101 ganhou desde então melhorias na sinalização e limpeza e, em contrapartida, viu reforçado o monitoramento pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

As viaturas começaram a percorrer a rodovia e, em alguns pontos, fazem as costumeiras operações de controle da velocidade com radares. Na maior parte da sua extensão de 10 quilômetros, a Via Rápida conta com velocidade máxima permitida de 100km/h. Porém, próximo das áreas urbanas esse limite diminui para 80km/h e 60km/h.

Outra novidade percebida pelos usuários diz respeito à capina das margens. Antes, o mato tomava conta, em particular no trecho de Içara, já que a prefeitura de Criciúma vinha efetuando a limpeza na extensão dentro do seu território. Agora, a percepção dos motoristas é que o trecho içarense está com a limpeza efetuada há menos tempo. A expectativa agora é pela iluminação da Via Rápida, que ainda segue pendente embora as promessas da Celesc.

Foto: Luana Mazzuchello / 4oito

A PMRv alerta para intensificação no movimento de retorno do litoral entre a noite de terça-feira e o final da manhã de quarta.