Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“O mais correto para Bolsonaro é manter a neutralidade”

Gelson Merisio comenta posição de presidenciável em relação ao segundo turno em SC
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 10/10/2018 - 09:37Atualizado em 10/10/2018 - 09:40
(foto: Clara Floriano/ arquivo 4oito)
(foto: Clara Floriano/ arquivo 4oito)

O presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro, anunciou ontem que não vai assumir nenhum candidato ao Governo de Santa Catarina. Ele justificou que teve quase 70% dos votos e não pode tomar um lado porque vai perder votos. O anuncio foi feito no programa Pânico, da rádio Jovem Pan. Hoje, em entrevista ao Programa Adelor Lessa, Gelson Merisio, candidato do PSD ao Governo, comentou o posicionamento do presidenciável.

“Me parece absolutamente normal e natural. O que quero no dia 28 é o melhor para o Brasil. Eu me posicionei a favor de Bolsonaro, porque acho que é o melhor para o Brasil. Aqui em Santa Catarina não é diferente. Deveremos escolher o melhor para Santa Catarina. Aqui, no primeiro turno eu fiz mais de um milhão e votos e desses com certeza um milhão votaram nele (Bolsonaro). O mais correto para ele é ter neutralidade sobre os candidatos de Santa Catarina. Dando ao eleitor catarinense a plenitude da decisão local”, afirmou Merisio.

Merisio diz que se assemelha a Bolsonaro quando fala do rompimento do atual modelo de gestão pública e também sobre a segurança pública ser prioridade em seu governo. “Quem tiver escolhendo o Governador vai estar escolhendo suas prioridades para o Estado nos próximos três anos”, esclareceu.

Ainda na entrevista Merisio revelou que deve anunciar amanhã quem de Criciúma será seu secretário, caso seja eleito Governador do Estado.