Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Napoleão Bernardes explica que candidatura é desejo coletivo

Prefeito de Blumenau renunciou ao cargo ontem para concorrer nas eleições 2018
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 28/03/2018 - 11:11Atualizado em 28/03/2018 - 11:17

Napoleão Bernardes (PSDB), anunciou ontem que renunciará o mandato como Prefeito de Blumenau para concorrer nas eleições 2018. Provavelmente, Bernardes deve ser candidato ao Senado. Na quinta-feira da semana próxima, o atual prefeito transmitirá o cargo ao vice Mário Hildebrandt (PSB). Foi sobre esses e outros assunto que Bernardes foi entrevistado no Programa Adelor Lessa desta quarta-feira.

“Na verdade não é um objetivo pessoal meu, não partiu de mim, é um objetivo coletivo. Começou em Blumenau e se espalhou pelo Vale e por outras regiões do estado. Tenho recebido manifestações de carinho e apoio até do sul do estado. Fui o prefeito mais votado da história de Blumenau. Fiz uma gestão com transparência, modernidade, inovação e isso permitiu a reeleição”, explicou.

Quando comparado ao caso de João Dória, prefeito de São Paulo (SP) que renunciou ao cargo para disputar o cargo de Governador do estado, Bernardes disse que “são situações completamente distintas”.

“Eu sou prefeito reeleito, estou no meu segundo mandato numa situação de aprovação popular. Eu estou em um segundo mandato realmente realizador. Se fosse para ficar na minha zona de conforto eu permanecia no exercício de mandato. Mas é um chamamento de Blumenau, não é uma iniciativa pessoal minha. Brotou da própria população de Blumenau, foi contagiando o pessoal de Itajaí e todo o estado. Até pela nossa maneira de administrar com transparência, em favor da população. Eu sou desejado pela sociedade. Então meu caso é completamente diferente, uma vez que não é algo que partiu de mim. É um sonho coletivo, eu fui convocado”, afirmou.