Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Na Avenida Centenário, Bolsonaristas defendem liberdade de expressão (VÍDEOS)

Assim como em diversas cidades do país, simpatizantes do presidente da República foram às ruas neste domingo
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 31/05/2020 - 16:51Atualizado em 31/05/2020 - 16:54
Fotos e vídeos: Marciano Bortolin e Heitor Araújo/4oito
Fotos e vídeos: Marciano Bortolin e Heitor Araújo/4oito

Um pouco depois das 15h deste domingo, 31, dezenas de carro saíram do bairro Próspera em direção ao bairro Pinheirinho. Todos com bandeiras, fitas em verde e amarelo e alguns com frases. No trio elétrico que acompanhou os participantes, a frase “Democracia é Liberdade de Expressão”, deu o tom da carreata. 

Assim como as manifestações anteriores, esta também iniciou através das redes sociais, principalmente pelo grupo de Whatsapp “Fechado com Bolsonaro”. Mas mesmo o grupo levando este nome, um dos integrantes, Pierre Bortolotto, diz que a carreata não ocorreu somente em defesa do presidente da República. “A nossa carreata não é só defender o presidente. O que a gente quer é a liberdade de expressão. Estamos correndo o risco, e a própria mídia vai sofrer com isso. O que a gente quer é a liberdade de expressão mesmo. Não é só a questão do presidente em si. Nós estamos aqui pelo Brasil”, enfatiza.

Bortolotto salienta que a participação foi de forma voluntária. “Nada de um provocar o outro para criar o grupo. A gente viu que do fim do ano passado para cá as coisas passaram a piorar em um sentido do governo poder governar. Sendo podado de tudo quanto era jeito. Eles têm intenção de derrubar esse governo desde o ano passado. Nós estamos com o cara certo (Jair Bolsonaro). Com a melhor equipe que existe e está sendo podado. E aí, está sobrando quem? Só a nação e o presidente. E claro, o braço forte”, relata.

 

Além dos criciumenses, também participaram pessoas de Araranguá, Tubarão, Braço do Norte, entre outras cidades. Após ir até o bairro Pinheirinho, a carreata voltou até o Parque das Nações Cincinato Naspolini, no bairro Próspera, tudo acompanhado pela Polícia Militar.

O domingo foi de mobilização no país todos e a de Criciúma tem relação com elas. “Relação com tudo isso, quem acompanha graças às redes sociais, porque hoje a gente não lê o que alguém inventa. Nós somos online hoje. Todo mundo sabe, faz o seu julgamento e o nosso é em comum. Não é por causa de Brasília, de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Eu participo de movimentos em Criciúma desde 2014, sempre pelo país. Não é por mim, é geral, para todo mundo”, completa.

Criciumenses com Bolsonaro em Brasília

Em Brasília, os participantes da manifestação começaram a chegar à Esplanada dos Ministérios às 9h. O presidente foi até o local cumprimentar os manifestantes. O deputado federal Daniel Freitas (PSL), esteve com presidente durante o ato, participou das manifestações ocorridas na Capital Federal. 

Através de suas redes sociais, ele defendeu: “Mais uma vez todos fomos às ruas para apoiar a democracia e acima de tudo, a liberdade de expressão. Não ao PL 2630/2020, não à censura! Pelo direito do livre discurso e da livre opinião!”, comentou.

Foto: Divulgação

A pré-candidata à Prefeitura de Criciúma pelo PL, Júlia Zanatta esteve com o presidente. Ela almoçou com Bolsonaro e lhe entregou uma camsia do Tigre.

Foto: Divulgação