Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Miri Dagostim busca ampliar votos

Vereador do PP deve ser eleito presidente do Legislativo com nove votos
Por Bruna Borges Criciúma, 07/12/2018 - 08:19
Arquivo (Daniel Búrigo / A Tribuna)
Arquivo (Daniel Búrigo / A Tribuna)

O mandato do vereador Julio Colombo (PSB) como presidente do Legislativo de Criciúma está próximo de acabar. Na sessão da próxima terça-feira os vereadores votam na eleição da nova Mesa Diretora e o nome mais provável para assumir a presidência é o de Miri Dagostim (PP). 

Assim como ocorreu na eleição de Colombo, Miri deve ser eleito com os votos do chamado “grupo dos nove”, formado atualmente por Angela Mello (MDB), Paulo Ferrarezi (MDB), Tita Belloli (MDB), Julio Colombo (PSB), Antonio Manoel (MDB), Aldinei Potelecki (PRB), Jair Alexandre (PSC), Ademir Honorato (MDB) e o próprio Miri. 

Com esse número ele tem a garantia de seu triunfo, já que restariam apenas outros oito votos. Miri, porém, declara que busca convencer mais colegas sobre o seu projeto. “A expectativa é grande e estamos articulando, mas com muita humildade. Queremos ampliar o número de votos, estou visitando os gabinetes dos colegas”, afirma o vereador. 

Esse é o primeiro mandato de Miri na Câmara de Vereadores de Criciúma. Atualmente ele ocupa o cargo de vice-presidente da Casa, posição assumida em agosto deste ano, após a renúncia do ex-vereador Daniel Freitas (PSL). Antes de conquistar uma vaga no Legislativo, Miri atuava como chefe do Pátio de Máquinas no governo Márcio Búrigo.