Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Menos mortes violentas na Amrec em 2019

Almir Fernandes passou números detalhados de suicídios e afogamentos, entre outros
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 14/01/2020 - 18:36
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Em 2019 foram registradas menos mortes violentas na Amrec em comparação com 2018. Durante o Som Maior Verão desta terça-feira, 14, Almir Fernandes, do Instituto Geral de Perícias (IGP), deu mais detalhes sobre os números. A quantidade de suicídios foi mais elevada, o que segundo ele, aconteceu devido a forma como algumas pessoas tratam a causa.

“Eu digo aqui que é preciso falar sim, quando a mídia fala de uma forma correta, ajuda com a prevenção. Nós temos que mostrar os locais de ajuda, aqui nós temos o 190 da Polícia Militar e em breve, teremos o 181 da Polícia Civil. Tem muita gente que pede ajuda”, comentou Almir.

O número de afogamentos aumentou e segundo o voluntário, existe uma justificativa para a causa. “A maioria destes casos acontecem em locais que não são guarnecidos”, comentou. Em 2019 a Equipe Multi-institucional visitou escolas, para conscientizar alunos referentes a diversos assuntos.

No total, foram 217 mortes violentas em 2018 contra 209 de 2019, os principais casos são de afogamento, homicídios, suicídios e mortes no trânsito, além de outros casos. “Tem situações de choque elétrico, queda de altura, tem alguns casos que chegam com histórico de morte natural, que depois da autopsia é tratada como morte natural, como o envenenamento”, explicou Almir.

Confira o comparativo com os principais números de 2018 e 2019: