Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mais um dia sofrido na Rodovia Jorge Lacerda

Aos usuários, a necessidade de paciência no trecho esburacado. Deinfra programa melhorias até amanhã
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 15/05/2019 - 15:49Atualizado em 15/05/2019 - 23:45
Divulgação
Divulgação

Outro dia em que trafegar pelo acesso sul a Criciúma vira uma verdadeira aventura. Basta passar um período de chuva que os buracos parecem ficar mais evidentes na Rodovia Jorge Lacerda, altura do Bairro Verdinho. "Tem um carro que ficou um tempo preso em um buraco ali", reclamou um motorista no fim da manhã, relatando a ocorrência que motivou a foto abaixo.

Não é pouco comum, também, que populares utilizem-se de terra e mato para encobrir outros buracos persistentes e também grandes, capazes de engolir pneus. Os relatos são constantes de carros danificados, pneus rasgados e algum trabalho a mais para o borracheiro instalado próximo ao acesso ao núcleo urbano do Verdinho.

A superintendência regional do Deinfra providenciará melhorias no trecho até esta quinta-feira. "Estamos tentando massa asfáltica com a empresa contratada até amanhã, creio que será possível. Compreendemos o problema, e estamos buscando resolver com os recursos que temos", sinaliza o superintendente regional Gustavo Taufembach. "O que nos compete é fazer tapa buracos", observa, lembrando que o atual contrato de conserva de rodovias da região, de R$ 2,3 milhões, está em fase de nova licitação, a ser concluída até outubro, e ganhou um aditivo recente de R$ 590 mil.

A intenção futura é, enquanto não se viabiliza a restauração completa, orçada em R$ 13 milhões, fazer uma operação tapa buracos mais minuciosa. "Com recorte dos trechos esburacados do asfalto, fresagem e compactação para que o asfalto não ceda na primeira chuva, como acontece hoje", destaca. O trecho problemático da Jorge Lacerda tem dez quilômetros entre a rótula de acesso a Forquilhinha e a BR-101.

Busca de apoio

Nos últimos dias de março, o superintendente havia anunciado que "tentaremos mais adiante dar entrada em um processo de licitação para revitalização da rodovia". Informou, ainda, que havia um pedido para a prefeitura de Criciúma liberar materiais para alguma operação de tapa buracos. "Mas quando fizemos contato a prefeitura estava em falta de massa asfáltica para ceder em parceria conosco", detalhou.