Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Exclusivo

"Lula x Bolsonaro é um discurso olhando para o passado", diz Luiz Felipe D'Ávila

Presidenciável pelo Partido Novo foi entrevistado nesta quarta-feira
Por Vítor Filomeno Criciúma, SC, 27/10/2021 - 09:10 Atualizado em 27/10/2021 - 09:13
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Na manhã desta terça-feira, 27, o Programa Adelor Lessa recebeu o presidenciável Luiz Felipe D'Ávila, do Partido Novo. Ele foi segundo possível candidato à Presidência entrevistado pelo Programa. Ontem, 26, Ciro Gomes falou à Rádio Som Maior.  Durante a entrevista, D'Ávila afirmou que "Lula x Bolsonaro é um discurso olhando para o passado" e que o "desafio da terceira via é olhar para o futuro". Além disso, ele disse que, na terceira via, "há uma preocupação comum para vencer a polarização".

"O brasileiro já disse que não quer votar no presidente da república, nem no Lula. Esse é o índice de rejeição desses dois candidatos, o que mostra que o povo brasileiro acordou, que o populismo de direita e esquerda só traz miséria, aumenta a miséria no Brasil, recorde de desemprego e dez anos de recessão econômica. O que o populismo resolveu na vida do brasileiro? Nada! Pelo contrário, só agravou os problemas. Portanto, o que nós temos de fazer é construir uma candidatura para que seja uma real alternativa à polarização de direita e esquerda", argumentou D'Ávila.

Para vencer essa polarização, o cientista político vê o seu partido como a possibilidade para isso acontecer. "Agora, o Partido Novo tem que se tornar um dos pilares dessa terceira via. Como vencer o populismo de esquerda e de direita, dois polos tão fortes na política brasileira? Mostrando a realidade. Olha só o que o populismo trouxe. Trouxe esse desemprego recorde, recessão econômica e o aumento do desemprego. A economia precisa voltar a crescer e nós precisamos tirar 20 milhões de brasileiros da miséria", falou ele.

Luiz Felipe D'Ávila ainda afirmou que houve uma alteração no modo de pensar do brasileiro. "Uma boa pesquisa que saiu semana passada mostra que 53 milhões de brasileiros desejam empreender. Isso é uma mudança de mentalidade muito grande. O que  significa desejo de empreender? É desejo de ser dono do seu destino, de ser o patrão da sua vida. Portanto, não é ter estado, não é ter subsídio, é dar condições para as pessoas poderem desenvolver o seu negócio, criar o seu negócio. É ter um Estado que não atrapalhe os que geram riqueza", arguiu.

Há mais de 40 anos envolvido com a política, o presidenciável desejou que os políticos se entendam para a próxima eleição. "Espero que nós aprendamos as lições de 2018 e que tenhamos o espírito públicode entender quem é que pode liderar esse processo", afirmou ele.

Confira na íntegra a entrevista com Luiz Felipe D'Ávila, que foi ao ar no Programa Adelor Lessa:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito