Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Julio Colombo pode se filiar ao PL

Vereador deve tomar a decisão em, no máximo, 10 dias
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC, 11/02/2020 - 12:11
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

O anúncio da candidatura de Julia Zanatta à Prefeitura Municipal de Criciúma pelo PL colocou o vereador Julio Colombo em uma situação “delicada”. Atualmente membro do Partido Socialista Brasileiro (PSB), o vereador se vê tendo que decidir entre apoiar o prefeito Clésio Salvaro ou a sua nora, e agora candidata, Julia.

Colombo afirma que ainda não parou para conversar sobre política em si com seu filho, Guilherme Colombo (PSD), e com a candidata do PL. “Ainda não parei para conversar com eles a respeito de política. A decisão estava madura, ontem aconteceu e evidentemente teremos uma conversa”, destacou.

Juntamente com a decisão de apoiar ou não Julia nas eleições deste ano, Colombo ressalta que pode até mesmo se filiar ao PL, algo que, segundo ele mesmo, é uma decisão que ultrapassa os números políticos e envolve a família. “Sobre o ponto de vista de família, seria o óbvio. Mas sobre o ponto de vista político é uma questão de trabalhar pela cidade. Enquanto vereador eu nunca levei em consideração a minha sigla partidária, e sim o que é melhor para a cidade”, disse.

O vereador já vinha mostrando interesse em mudar de partido desde o ano passado, e aguardava apenas pela janela de transferência para realizar o ato. Com a aparente revogação do PL da política de não aceitar em seus quadros vereadores que já possuíam mandato, Colombo tem a possibilidade de, então, legalmente, se filiar ao partido.

“É uma possibilidade. Conversei ontem a noite longamente com o prefeito Salvaro, e esta é uma decisão que terei que tomar logo logo. Eu terei que analisar isso com muito carinho, juntamente com a Julia, que é uma excelente candidata. Daqui uns 10 dias no máximo tomarei a minha decisão”, concluiu o vereador.