Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Hoje tem um novo teste na rótula

Bloqueio está descartado, mas o ponto, ao lado do Criciúma Shopping, terá intervenção de agentes da DTT
Por Francine Ferreira Criciúma, SC, 16/01/2019 - 07:25
Foto: Daniel Burigo / A Tribuna / Arquivo
Foto: Daniel Burigo / A Tribuna / Arquivo

Por conta do intenso tráfego que vem sendo registrado e consequente engarrafamento diário na rótula da Avenida Gabriel Zanette com a Rua Estevão Emílio de Souza, nas proximidades do Criciúma Shopping, no Bairro Próspera, a Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma irá implantar uma medida paliativa e temporária no local. 

Conforme o diretor do DTT, Gustavo Medeiros, a partir de hoje, de segunda a sexta-feira, das 7h às 8h30min, agentes da DTT estarão no local e, quando necessário por conta do intenso fluxo de veículos, irão bloquear a rótula e manter apenas o sentido da Avenida Gabriel Zanette.

“Quando isso acontecer, quem quiser fazer o retorno terá que seguir em frente até a rótula seguinte, a que dá acesso ao Bairro Ceará. Importante ressaltar que isso só vai ser feito das 7h às 8h30min da manhã, quando tiver muito fluxo de veículos, se for necessário para que ninguém fique fazendo a intersecção”, explica Medeiros.

De acordo com o diretor, o horário em questão é o único em que a DTT registra como momento de pico. “A noite esse problema não acontece, o maior gargalo é realmente pela manhã. Então nos meses de janeiro e fevereiro, de segunda a sexta-feira, os agentes de transito vão ficar no local acompanhando, por conta do movimento ocasionado pela temporada de verão”, acrescenta.

Fechamento permanente é descartado

A respeito de uma medida permanente para bloqueio da rótula da Avenida Gabriel Zanette com a Rua Estevão Emílio de Souza, a DTT reafirmou a decisão tomada há meses, que aborta a possibilidade. “Isso está descartado”, reforçou Medeiros.

Um estudo foi realizado ao longo de 2018, com o objetivo de calcular o impacto e a necessidade do bloqueio total da rótula. Finalizado em junho, o levantamento apurou que o fluxo maior no trecho no mês de maio – fora da temporada de verão – se dava entre 7h e 9h, 11h e 13h e das 17h às 19h. Foi feita, na ocasião, contagem e apuração do destino dos veículos.

Durante o teste, quem transitava no sentido Içara-Criciúma pela Via Rápida não podia usar a rótula, e devia seguir em linha reta, mas mantinha a direita livre em direção ao Criciúma Shopping. No sentido oposto da mesma forma houve, durante o teste, a proibição do uso da rótula, com tráfego aberto em direção ao bairro Ceará, pela rua Estevão Emílio de Souza.

“O fluxo realmente melhorou”, disse, na ocasião, o gerente de Trânsito e Transportes da DTT, Paulo Borges. Na época o estudo apontou pela sugestão, à Secretaria de Infraestrutura, do fim da rótula, o que acabou posteriormente descartado, após novos estudos.