Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Hélio Costa detona Onyx Lorenzoni e Mourão

Deputado mais votado por Santa Catarina chama ministro de playboy e fraco
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 08/02/2019 - 08:45Atualizado em 08/02/2019 - 08:53
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Deputado federal mais votado em Santa Catarina, com 179.307 votos, Hélio Costa (PRB) acredita que a Reforma da Previdência não será aprovada no primeiro semestre. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, criticou a postura do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e também do vice-presidente, Hamilton Mourão.

“O Onyx Lorenzoni é um bonachão, parece um playboy, ele se acha o dono da bola. Falavam que não ia ter o toma lá dá cá, mas já estão fazendo, o MDB tem um ministro, o DEM já tem.  O pessoal do PSL já está preocupado, não há uma conversa, eu já tinha o Onyx Lorenzoni como um playboy, ele é um ministro fraco”, comentou.

O deputado mais votado por Santa Catarina aproveitou para criticar o estilo que o PSL tem tomado até aqui. “O Mourão cada vez que abre a boca é para dizer besteira. O ministro da Educação só diz besteira. O PSL parece que não saiu do palanque, tem que sair e agora governar”.

Hélio Costa disse que no momento ainda não existem muitos projetos para votar, o que há são Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI). “Eles gostam de CPI que é uma coisa danada. Se já tem duas polícias fazendo um inquérito policial, para que mais uma? Nós da imprensa temos que cobrar. Eu não tô assinando nada, pelo menos por enquanto”, afirmou o deputado.

Reforma da Previdência

Segundo Hélio Costa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não tem comparecido ao plenário, o que complica a situação da Reforma da Previdência. “Não, acho que não. Com o Rodrigo Maia e com o Lorenzoni, com esse pessoal eu acho que não. Pelo que eu converso com os mais experientes e pelo que eu converso com os líderes dos partidos acho que não vai ser rapidinho não”, frisou.