Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Geovania de Sá garante PSDB mobilizado na busca por candidatos

Presidente estadual do partido imagina que os eleitores ainda buscam renovação
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 07/01/2020 - 08:15
Foto: Erik Behenck
Foto: Erik Behenck

A deputada federal Geovania de Sá, presidente estadual do PSDB, vai ter um longo 2020, buscando candidatos a prefeito e vereadores nos municípios de Santa Catarina. Acredita que o sentimento de renovação será mantido nas próximas eleições e que por isso é preciso caprichar na escolha dos nomes. 

“Nós teremos uma capacitação dos candidatos para prefeitos e para vereadores. Nós temos 355 vereadores e queremos aumentar. Sabemos que existe esse sentimento de mudança no país, então queremos percorrer as regiões”, comentou a presidente do PSDB  durante entrevista ao Programa Adelor Lessa.

Criciúma é a maior cidade administrada pelos tucanos no estado, depois que a prefeitura de Blumenau foi perdida com a saída de Napoleão Bernardes. E por aqui o tema é reeleição. “Nós temos uma certa tranquilidade sim, como eu sou da terra, e o prefeito Clésio também, ele vem fazendo esse trabalho focado em gestão. É claro que nenhuma eleição está ganha”, afirmou.

A deputada federal diz que haverá mobilização em municípios como Morro da Fumaça e Cocal do Sul. “Identificar lideranças que batam com o sentimento da população realmente é difícil, nós temos deputados estaduais, o ex-senador Paulo Bauer, temos o Gelson Merisio e um grupo muito grande. É um momento de sair na rua”, citou.

Um sentimento de renovação

Reeleita deputada federal em 2018, ela sabe que a população busca por renovação. Sua votação foi maior do que em 2014, com 101.937 votos, ainda assim, muitos não conseguiram manter seus cargos.

“A gente percebeu que com a eleição do presidente Bolsonaro, até algumas pessoas que não eram conhecidas foram eleitas. As pessoas queriam mudar o que estava lá, todos os partidos sofreram muito, o PSDB sofreu muito. A gente sentia nas pessoas, que elas queriam tudo novo, esse desejo de mudança refletiu no país todo”, analisou Geovania.