Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Flamengo, Corinthians, Athletico... campeões pelo Brasil

Além do Catarinense, houve decisões nos pênaltis no Paraná, Pernambuco e Alagoas
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 21/04/2019 - 18:32Atualizado em 21/04/2019 - 19:53
Foto: Photo Premium / FolhaPress
Foto: Photo Premium / FolhaPress

Corinthians, Flamengo, Athletico, Bahia, Sport, Fortaleza, Atlético Goianiense, CSA, Cuiabá, Remo e Águia Negra, os campeões estaduais deste domingo além do Avaí, que faturou o Campeonato Catarinense nos pênaltis contra a Chapecoense. Além de Santa Catarina, outros quatro estados conheceram seus melhores nas penalidades.

No Paraná, o Athletico venceu o Toledo por 1 a 0 no tempo normal e 6 a 5 nos pênaltis em Curitiba. Agora o Athletico tem 25 títulos contra 38 do Coritiba.

Athletico campeão paranaense / Foto: Tribuna do Paraná

Pênaltis também em Pernambuco, onde o Sport perdeu para o Náutico por 2 a 1 no tempo normal e 4 a 3 nas penalidades, faturando o título. O Sport chegou a 42 títulos, contra 29 do Santa Cruz e 22 do Náutico.

Em Alagoas, o CSA perdeu por 1 a 0 para o CRB nos 90 minutos mas venceu nos pênaltis, 4 a 2. O CSA chegou a 39 conquistas contra 30 do CRB.

CSA, o campeão em Alagoas / Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas

O Corinthians garantiu o títulos nos 90. Bateu o São Paulo por 2 a 1 e alcançou 30 títulos. É o tricampeão estadual. O São Paulo, que não é campeão desde 2005, soma 21 conquistas, contra 22 de Palmeiras e Santos. A Arena Itaquera recebeu seu maior público, 46.480 torcedores.

Vagner Love fez o gol decisivo do Paulistão / Foto: Luís Moura / Folhapress

No Rio de Janeiro o Flamengo confirmou a vantagem, 2 a 0 de novo sobre o Vasco, e assegurou a conquista de número 35. O Vasco tem 24 taças, contra 31 do Fluminense e 21 do Botafogo. No Maracanã esteve o maior público do domingo em decisões, 47.997 torcedores. Após a partida, o Vasco anunciou a demissão do técnico Alberto Valentim.

A festa do campeão Flamengo no Rio / Foto: André Durão / GloboEsporte

O Bahia é campeão baiano. Bateu o Bahia de Feira por 1 a 0, e chegou ao título de número 48. É o bicampeão. O Vitória soma 29 taças.

E o Bahia levantou a taça no estadual / Foto: Correio da Bahia

No Cearense, o Fortaleza voltou a vencer o Ceará, 1 a 0, e tem 42 conquistas, contra 45 do rival, que era o campeão do ano passado. O técnico Lisca foi demitido pelo Ceará após o jogo e o vice-campeonato.

Fortaleza faturou o Cearense / Foto: Leonardo Ferreira / Fortaleza EC

No Goiano o Atlético ganhou mais uma vez do Goiás, 1 a 0. Havia feito 3 a 0 na ida, e chegou a 14 títulos. Não era campeão desde 2014. O Goiás soma 28 conquistas.

Atléticou ganhou as duas finais contra o Goiás / Divulgação

No Paraense o Remo reverteu a vantagem do Independente, ganhando por 2 a 0 e chegando a 46 títulos. O Paysandu tem 47.

Remo campeão no Pará / Divulgação

O Águia Negra é campeão do Mato Grosso do Sul, mesmo perdendo por 1 a 0 para o Aquidauanense, pois na ida havia vencido por 2 a 1. É o terceiro título estadual do Águia Negra.

O Cuiabá, adversário do Criciúma no próximo sábado na abertura da Série B, sagrou-se campeão do Mato Grosso. Empatou em 2 a 2 com o Operário e alcançou a nona conquista. É agora o tricampeão estadual. O Mixto tem 24 e o Operário, dez taças.

Cuiabá, o tricampeão matogrossense / Divulgação

Ontem foram campeões estaduais o Cruzeiro, em Minas Gerais, o Botafogo, na Paraíba, o Gama em Brasília e o Frei Paulistano, em Sergipe.

Os campeões de 2019:

Santa Catarina - Avaí

Paraná - Athletico

Rio Grande do Sul - Grêmio

São Paulo - Corinthians

Rio de Janeiro - Flamengo

Minas Gerais - Cruzeiro

Bahia - Bahia

Sergipe - Frei Paulistano

Alagoas - CSA

Pernambuco - Sport

Paraíba - Botafogo

Ceará - Fortaleza

Piauí - Ríver

Maranhão - Imperatriz

Pará - Remo

Mato Grosso - Cuiabá

Mato Grosso do Sul - Águia Negra

Goiás - Atlético

Distrito Federal - Gama