Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Fecam tem novo presidente

Prefeito de Caçador, Saulo Sperotto entra no lugar de Joares Ponticelli
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 31/01/2020 - 11:43Atualizado em 31/01/2020 - 11:47
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O prefeito de Caçador, Saulo Sperotto (PSDB), foi eleito presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). A eleição aconteceu por aclamação em assembleia da entidade máxima do municipalismo catarinense,  na quinta-feira, 30, em Florianópolis.

Esta é a segunda vez que Sperotto assume o comando da instituição. Na primeira, conduziu os trabalhos durante o ano de 2010. Agora, ele substitui o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli. 

Anteriormente, Sperotto já exerceu diversas funções na Federação, desde que assumiu como prefeito pela primeira vez, em 2005.

“É por meio das entidades e federações que nos tornamos ainda mais fortes para reivindicarmos as melhorias tão necessárias para os nossos municípios. Assumir, mais uma vez, a presidência da Fecam é uma grande honra e, certamente, vamos trabalhar ainda mais para que nossos pleitos sejam ouvidos e atendidos”, destacou o prefeito. 

Para a presidente do PSDB no estado e deputada federal, Geovania de Sá, é muito importante que o chefe do executivo tucano esteja à frente da federação. “Sperotto já mostrou que está apto a conduzir os trabalhos da Fecam e temos certeza que, com ele, os municípios catarinenses só têm a ganhar”, enaltece Geovania. 

Quem também completa a chapa é o prefeito de Major Vieira (Amplanorte), Orildo Antônio Severgnini, como 1º vice-presidente; o prefeito de Rodeio (AMMVI), Paulo Roberto Weiss, como 2º vice-presidente; a prefeita de Alto Bela Vista (Amauc), Catia Tessmann Reichert, como 3ª vice-presidente; a prefeita de São Cristóvão do Sul (Amurc), Sisi Blind, como 1ª secretária e o prefeito de Corupá (Amvali), João Carlos Gottardi, como 2º secretário.

O Conselho Fiscal é integrado por oito titulares e sete suplentes, todos prefeitos. Um deles é outro tucano, o prefeito Luiz Clóvis Dal Piva, de Guatambu (Amosc).