Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Falta pouco para a disputa entre os melhores skatistas do mundo em Criciúma

80% dos atletas já estão na cidade; pista do Parque Altair Guidi em fase final de preparação e já recebe elogios dos atletas
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 19/01/2021 - 19:33Atualizado em 19/01/2021 - 19:34
Pista do Parque Altair Guidi está aberta ao público desde o dia 15 de outubro (Foto: Guilherme Hahn / Especial 4oito)
Pista do Parque Altair Guidi está aberta ao público desde o dia 15 de outubro (Foto: Guilherme Hahn / Especial 4oito)

A pista de skate do Parque Altair Guidi segue em preparação para receber a etapa da STU Nacional, onde os grandes nomes do skate brasileiro disputarão a eliminatória para a estreia do esporte nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que devem ocorrer neste ano (segue a indefinição da realização das Olimpíadas por conta da pandemia do coronavírus).

O STU em Criciúma ocorre entre os dias 21, quando iniciam-se os treinos oficiais dos maiores skatistas brasileiros na cidade, e vai até o dia 24, com transmissão para todo o Brasil pelas TVs aberta e fechada.

De acordo com a Fundação Municipal de Esportes (FME), 80% dos atletas já estão na cidade e utilizando a pista do Parque. Participarão do torneio, por exemplo, os líderes do ranking brasileiro de skate - Luiz Francisco (2º na classificação mundial na categoria Park), Dora Varela (6ª colocada mundial na categoria Park), Lucas Rabelo (19º colocado mundial na categoria Street) e Rayssa Leal (2ª classificada mundial na categoria Street). 

No domingo, inclusive, será feita a inauguração da pista do Parque Altair Guidi, aberta ao público desde o dia 15 de outubro.

"É um evento diferenciado de inauguração da pista, que terá um ato no domingo pela manhã. Nunca tinha acontecido isso na região de Criciúma (um evento de skate dessa magnitude) e vai colocar a cidade no cenário nacional e mundial. A partir da sexta, sábado e domingo passará na maior rede de televisão brasileira, isso traz muita gente para a região, mesmo sabendo que o evento será fechado, mas nos dias de abertura traz muito público para a cidade", comemora o presidente da FME, Neto Uggioni.

Parte da pista será fechada para as etapas do evento, mas o parque permanecerá com os outros locais abertos ao público, que não poderá ter acesso à competição, devido às restrições impostas pela pandemia do coronavírus.

Eduardo Quintes, gestor executivo da plataforma STU, organizadora do evento, também demonstra entusiasmo para os dias de competição. "É o principal evento brasileiro da corrida olímpica, inédito e histórico. De fato tem o seu peso técnico e competitivo de somar pontos no ranking e também por escrever mais um capítulo na história do skate", apontou.

Ele elogiou a estrutura de Criciúma para receber os atletas. "a cidade reúne todos os predicados, rede hoteleira e estrutura, com o mais completo complexo de skate do brasil e um dos melhores do mundo", destacou Quintes.