Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Duas pratas e quatro bronzes para Criciúma na Olimpíada de Matemática

Competição aconteceu no Taiwan, envolvendo mais de 900 alunos do mundo todo
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 09/08/2019 - 10:40Atualizado em 09/08/2019 - 10:42
(foto: reprodução/Instagram)
(foto: reprodução/Instagram)

Criciúma conquistou bons resultados na Olimpíada Internacional de Matemática, realizada em Taiwan. Entre os nove representantes da cidade, foram duas medalhas de prata e quatros de bronzes. Conforme o vice-prefeito Ricardo Fabris, que acompanhou os estudantes, foram mais de 900 participantes. “É uma conquista muito significativa, tanto para a rede de ensino quanto para os estudantes”, disse.

Um dos jovens que conquistou prata foi o aluno Vinicius, da Escola Lili Coelho. “Eu tô muito ansioso. Fico feliz com a medalha que ganhei. O objetivo era difícil e eu consegui, isso que importa”, falou o menino. “Além da experiência muito grande, de fazer uma prova em outro país, uma medalha de prata em uma prova internacional é uma experiência única.

A outra prata foi conquistada por Joice, da Escola Dionísio Milioli. “Isso vai fazer uma grande diferença para o meu futuro, porque pode abrir muitas portas para a minha carreira”, comentou. “É uma coisa que é muito difícil de acontecer novamente, mas vamos tentar no ano que vem, vamos tentar o ouro”, completou.

A diretora da Escola Dionísio Milioli, Marlene Pizzeti de Souza, falou sobre este momento. "Essa oportunidade que os alunos estão tendo de vir para outro país disputar a Olímpiada de Matemática é uma experiência única. O município de Criciúma, entre 25 escolas do Brasil, conseguiu estar aqui", citou.

Brasil e Taiwan ficam distantes mais de 18 mil quilômetros. Sábado, 10, começa a viagem de volta, com previsão de chegada em Florianópolis para a manhã de domingo, 11.