Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Damares visita Abadeus e Bairro da Juventude em Criciúma

Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos segue em agenda no Sul catarinense
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 28/06/2020 - 15:15Atualizado em 28/06/2020 - 15:22
Foto: Vitor Netto
Foto: Vitor Netto

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, segue em agenda em Criciúma, após entregar cerca de 1 mil máscaras à ILPI São Vicente de Paulo no sábado, 27. Neste domingo, ela esteve na Abadeus e no Bairro da Juventude pela manhã, em comitiva com políticos da região.

Damares disse no sábado que considera o asilo São Vicente de Paulo uma referência na região e por isso fez questão de conhecê-lo. No entanto, devido à pandemia do coronavírus, por  questões de segurança a entrega das máscaras aconteceu na Acic, onde concedeu coletiva.

Neste domingo, após visitar Abadeus e Bairro da Juventude pela manhã, Damares seguiu ao Case na parte da tarde, para depois rumar à Nova Veneza, de acordo com informações da assessoria de imprensa do deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), que convidou a ministra ao Sul catarinense.

Em solo catarinense desde o sábado, Damares foi recepcionada em Florianópolis pelo governador Carlos Moisés. Em Criciúma, Damares falou sobre os desafios em frente à pasta da Mulher, Familia e Direitos Humanos.

"A espinha dorsal do nosso ministério é a vida, todas as vidas importam. São oito secretarias, desde a criança, pessoa com deficiência, mulher, juventude, povos tradicionais e idoso. Todo nosso trabalho é proteção da vida, primeiro e o maior de todos os direitos humanos é o direito à vida, então é a vida", apontou Damares.