Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Dal Farra e mais uma arrancada ruim do Criciúma

Antes do jogo com o Atlético, presidente voltou a citar o G-4 como objetivo
Denis Luciano
Por Denis Luciano Goiânia, GO, 17/05/2019 - 21:37Atualizado em 17/05/2019 - 21:40
Foto: Daniel Búrigo / 4oito / Arquivo
Foto: Daniel Búrigo / 4oito / Arquivo

O objetivo é o G-4. Naturalmente. A realidade, depois de quatro jogos, é a zona de rebaixamento. A derrota por 3 a 1 para o Atlético Goianiense na noite desta sexta-feira no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, empurrou o Criciúma para o décimo sétimo lugar da Série B, com o risco de ser ultrapassado ainda por São Bento e América (MG) nas partidas do fim de semana.

"Não ficar muito longe do G-4 que é o nosso objetivo", resumiu o presidente Jaime Dal Farra em entrevista ao Timaço da Rádio Som Maior antes da partida. "Estamos com expectativa. Não podemos seguir sem vitória, o quanto antes precisamos ganhar", frisou o dirigente, que citava o gramado encharcado como um fator que dificultaria o jogo.

"Um campeonato muito equilibrado, muitos empates na última rodada. O importante é somar pontos", lembrou. O Criciúma somou apenas dois pontos, um em casa contra o América (MG), outro fora diante da Ponte Preta. "A gente percebe que o time vem numa crescente, não fizemos os gols que tivemos as oportunidades de fazer contra a Ponte e o América", disse.

Dal Farra vê virtudes no atual Criciúma, e potencial de reação. "Temos qualidade sim, temos bons finalizadores. O grupo está bem fechado, coeso, é um grupo forte. Por vezes não encaixa por um motivo ou outro, é do futebol. Infelizmente não houve esse acerto", concluiu.

Ouça a entrevista de Jaime Dal Farra ao repórter Jota Éder no podcast: