Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

CPI da Ponte protocolada após 26 assinaturas

Objetivo é investigar as obras na Ponte Hercílio Luz
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 07/02/2019 - 09:07Atualizado em 07/02/2019 - 09:12
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Com 26 assinaturas, foi protocolada na quarta-feira (6) a CPI da Ponte, que deverá investigar as obras na Ponte Hercílio Luz. Antes de começar, é preciso que seja encaminhada à Procuradoria e depois votada no plenário. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, o deputado Bruno Souza (PSB), que propôs a investigação, falou sobre o assunto.

“Eu comecei a colher as assinaturas lá em dezembro. Terminamos agora de colher ontem. Se supõe que eu conheça o tema, diversas bancadas já manifestaram que me apoiariam para presidir essa CPI”, afirmou. Embora tenha proposto a investigação, não é garantida a presidência para Souza.  Segundo ele, quando o proponente não é o presidente da comissão, não é visto com bons olhos.

Em 2014 uma medida do tipo foi tomada pelos deputados Amauri Soares (PSOL) e Dirceu Dresch (PT), mas não conseguiram as assinaturas mínimas. “A CPI deve ter nove membros, o presidente será indicado pelos membros. A CPI tem 120 dias para dar o seu parecer, tempo que pode ser renovado por mais 120 dias. Nesse tempo temos que dar uma resposta satisfatória”, explicou.

Confira a entrevista na íntegra: