Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Covid 19: Fim de semana com sol, razão para preocupação

Como não é possível fiscalizar todos os pontos, municípios pedem bom senso às pessoas
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Imbituba, SC, 16/10/2020 - 15:36Atualizado em 16/10/2020 - 15:43
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

"Final de semana com sol na região sul. No sábado a temperatura sobe chegando aos 27°, Já no domingo será mais quente ainda e pode alcançar os 30°", afirma o climatologista Márcio Sônego. As informações por si só, já servem de atrativo para visitar as praias da região.

No último feriado, 12, uma cena que era algo normal em outros anos, assustou moradores de todo o estado e viralizou na internet ganhando projeção mundial e manchando, de certa forma, a imagem de Santa Catarina. Na Praia do Rosa era disputado o pedaço de areia. Os que usavam máscaras estavam em minoria e distanciamento virou "artigo de luxo". 

Devido o coronavírus a concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e praias, estão proibidas. O caso da Praia do Rosa mobilizou as autoridades que responderam rapidamente ao desrespeito. 

A prefeitura de Imbituba, ainda no feriado, emitiu uma nota mostrando que a parte da administração municipal vinha sendo feita. A nota pede que as pessoas respeitem o distanciamento social, evitem aglomeração e usem máscara. E afirma ainda que só assim, seguindo as normas sanitárias, será possível combater a Covd-19.

Vale o bom senso

Para esse final de semana a recomendação é a mesma segundo a assessoria de comunicação do município de Imbituba.  A cidade não deve ter uma operação específica como aconteceu na semana passada. Então o que vale é a consciência das pessoas.     

Confira também:

Prefeitura emite nota sobre aglomeração  
Desrespeito ao uso de máscara na Praia do Ros   

O Governo do Estado, na reunião ampliada do Centro de Operações de Emergência em Urgência (COES) debateu medidas legais cabíveis e maneiras mais rígidas para lidar com aglomerações imprudentes, como as que foram percebidas no feriado de 12 de outubro. 

Segundo o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, o estado vive nova fase do enfrentamento da pandemia do coronavírus e por conta disto, o governo tem aperfeiçoado sua gestão.

“Neste momento, estamos nos baseando em quatro pilares fundamentais: primeiro, a necessidade de diagnóstico precoce e qualificado do paciente com o monitoramento e a rastreabilidade de seus contatos; em segundo, a manutenção da estrutura de leitos já construída de UTI Covid, pelo menos até o dia 31 de dezembro de 2020; em terceiro lugar, vamos aumentar a fiscalização e vigilância de todos os regramentos e portarias construídas, junto aos gestores municipais; e, por último, reforçaremos a necessidade de entendimento da sociedade quanto ao momento que passamos. Estamos estruturando algumas campanhas de conscientização, pois em qualquer cenário é preciso que o povo catarinense faça também sua parte”, reforçou.

Confira também:

Covid-19: Secretário admite que segunda onda vem aí

Se antes sol e calor eram sinônimos de praia, hoje podem ser encarados como dor de cabeça para as autoridades e para quem cumpre as regras sanitárias. Especialistas alertam que a imprudência de alguns, pode trazer resultados negativos para todos. "É importante estarmos cientes que podemos perder em poucos dias toda evolução que conquistamos em meses", afirma Renato Matos médico pneumologista.