Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Covid-19: Cuidados redobrados no Tigre

Nesta sexta-feira, diversos profissionais da Chapecoense testaram positivo
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 10/07/2020 - 18:33Atualizado em 10/07/2020 - 18:43
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC

A confirmação de casos de coronavírus na Chapecoense aumenta ainda mais a preocupação no Criciúma. Nesta sexta-feira, o médico do Tigre, Ricardo Furtado, falou ao programa Ponto Final, da Rádio Som Maior, sobre o cumprimento dos protocolos.

“Situação preocupante que está acontecendo no estado, está crescendo o número de casos. Estamos notando isso em Criciúma, as pessoas têm que se cuidar mais. No Criciúma estamos intensificando ainda mais os cuidados., Estamos tendo os cuidados, questionário diário, antes do jogo aplicando o teste em todos os jogadores e comissão técnica. Fizemos o teste duas vezes e deu tudo negativo, e ninguém apresentou sintomas. Fiquei sabendo da situação da Chapecoense. Fizeram o teste de PCR antes do jogo que apresentou os resultados positivos, então preocupa que o PCR que é um exame de pesquisa ativa do vírus, se a pessoa está infectada no momento e eles acabaram jogando no dia seguinte. Corre o risco de contaminar outras pessoas. Vamos ver quais os procedimentos eles vão tomar. Estamos um pouco mais seguros porque todos deram negativo no próximo jogo”, disse

Possível confronto na semifinal

Inclusive, Criciúma e Chapecoense podem se enfrentar nas semifinais do Campeonato Catarinense. “Nunca vamos colocar os profissionais em risco, nem que o jogo tenha que ser adiado. Só liberaria se tivesse total segurança, todos sem risco nenhum”, fala Furtado, lembrando ainda que o futebol é um esporte de contato e há o perigo da contaminação. “No jogo acaba tendo o contato, é impossível não ter. Os jogadores a área, o risco tem devido ao contato. A preocupação sempre vai ter, vamos continuar tomando todas as medidas, principalmente agora controlar ainda mais os jogadores ficarão restritos no hotel, o local do almoço, café da manhã é isolado só para a gente mesmo, usar mascara e álcool todo o tempo”, enfatizou

Testes rápidos no Tigre

A direção do Tigre aplicou o teste rápido em todos os atletas e demais profissionais em duas oportunidades, sendo que nenhum deu positivo e ninguém apresentou sintomas. “Aplicado o teste rápido, esse que a Chapecoense aplicou é porque vão jogar em Florianópolis e lá a prefeitura exige que todos têm que ter o PCR negativo”, observou o médico.

Viagem de ônibus e carro

O Criciúma viaja neste sábado para Itajaí, onde joga a partida de volta pelas quartas de final do Estadual diante do Marcílio Dias às 11h de domingo, 12. “Ônibus só com 50% da capacidade. Jogadores e comissão em um ônibus e os outros da delegação em carros. Nenhum atleta apresentou sintomas até o momento, nenhuma queixa, nada relacionado”, finalizou.

Ouça a entrevista do médico do Criciúma no podcast:

Tags: coronavírus