Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Coronavírus x futebol: o adiamento das partidas do Catarinense por conta da pandemia

Partidas começaram a ser adiadas ainda na segunda rodada da competição, que corre o risco de ser paralisada
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 03/03/2021 - 17:21Atualizado em 03/03/2021 - 17:22
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O retorno do futebol em meio a pandemia do novo coronavírus, ainda no ano passado, causou dúvidas por parte da população e autoridades. Muitos criticaram a necessidade da volta do esporte no país por conta da Covid-19, visto os diversos surtos que ocorreram em clubes de várias partes do Brasil. Em Santa Catarina, o Campeonato Catarinense de 2021 vem lidando com adiamentos justamente por conta do efeito da doença.

Atualmente, Santa Catarina vive um dos momentos mais críticos da pandemia de Covid-19. Iniciado no dia 24 de fevereiro, o Campeonato Catarinense ocorreu normalmente em sua primeira rodada, com todos os 12 clubes disputando suas respectivas partidas. A situação começou a ficar mais séria justamente na segunda rodada.

A primeira partida a ser adiada no Catarinense deste ano foi a entre Avaí e Chapecoense, que estava marcada para ocorrer no domingo do dia 28 de fevereiro. O adiamento ocorreu justamente por conta da situação da pandemia em Chapecó, já que o município não teria ambulâncias disponíveis para a partida.

Assim como o restante do estado, Chapecó também vem lidando com uma grave situação referente a internação de pacientes com coronavírus. Já sem leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis, o município vem registrando diariamente mais de 5 óbitos em decorrência da doença.

A partida entre Joinville e Marcílio Dias, que também estava marcada para ocorrer no dia 28 de fevereiro, também acabou sendo adiada por conta da pandemia. Isso porque houve um surto de contágio da Covid-19 em jogadores do JEC, e o elenco não teria atletas o suficiente para disputar a partida.

Ao todo, foram confirmadas 30 pessoas positivadas no clube, entre jogadores e membros da comissão técnica. Na estreia do Campeonato, contra o Próspera, o clube do Norte também não contou com a presença de alguns jogadores, como o atacante Lukinhas, que testou positivo para a Covid-19. Pelo mesmo motivo, o JEC conseguiu ainda o adiamento do jogo contra o Metropolitano, que iria acontecer nesta quarta-feira. 

Municípios decretando suspensão do futebol

Nesta quarta-feira, 3, diversos municípios catarinenses baixaram um decreto determinando a suspensão das partidas de futebol pelos próximos 15 dias. A medida começou pelas cidades de Chapecó e Criciúma, sendo adotadas também por Tubarão e, mais recentemente, Florianópolis.

Com isso, partidas que seriam realizadas nesses municípios nas próximas duas semanas, como Criciúma x Chapecoense e Próspera x Metropolitano, que iriam ocorrer em Criciúma, em teoria, estão canceladas. Os clubes ainda aguardam um posicionamento oficial da Federação Catarinense de Futebol (FCF) referente a uma possível paralisação do campeonato, ou até mesmo uma mudança de praça para a realização dos jogos.