Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Cara nova na casa do Próspera

Estádio Mário Balsini recebe melhorias. Se não tivesse a pandemia, Série B do Catarinense começaria no próximo fim de semana
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 25/05/2020 - 16:20Atualizado em 25/05/2020 - 16:54
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Não tivesse havido a pandemia de Covid-19, e a consequente suspensão das competições esportivas, e o Próspera estaria em campo no próximo fim de casa, em casa, contra o Navegantes, em jogo da primeira rodada da Série B do Campeonato Catarinense. A competição, que reunirá dez clubes brigando por três vagas na elite do Estadual em 2021, não tem mais data para começar.

A rodada inaugural da Série B estava marcada para 31 de maio e, além de Próspera x Navegantes, teria os jogos Camboriú x Hercílio Luz, Caçador x Fluminense de Joinville, Barra x Guarani e Inter de Lages x Metropolitano.

Mesmo sem previsão de quando estará em ação, o Próspera avança nos seus preparativos. O clube investe em obras no estádio Mário Balsini. Quem passa pela Rua São Paulo nesta segunda-feira, 25, observa a fachada pintada para realçar o nome do estádio no acesso à casa prosperana. Reforma do gramado, construção de novas cabines, sala de imprensa, camarotes, sistema de irrigação e outras melhorias também estão sendo promovidas.

A tabela do Próspera
Série B do Catarinense - Turno

Navegantes (em casa)

Metropolitano (fora)

Inter de Lages (em casa)

Guarani (fora)

Caçador (em casa)

Camboriú (fora)

Barra (em casa)

Hercílio Luz (fora)

Fluminense (em casa)

O clube elegeu e empossou, recentemente, o advogado Israel Rocha Alves como seu novo presidente. O antigo mandatário, Dorval Arriola - que retirou o Próspera do licenciamento e conquistou a Série C Estadual em 2018 - segue atuando no clube, agora como funcionário. "Queremos resgatar a identidade e o orgulho do torcedor prosperano", afirmou Israel. O presidente demonstra entusiasmo com as chances para brigar pelo acesso, já que três dos dez participantes subirão de divisão no Catarinense, que terá doze clubes na Série A em 2021. "Temos planos e sonhos grandes", arrematou.

Confira também - Time da Raça aposta na identidade com a região para prosperar