Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Ananda Figueiredo fala sobre os benefícios da gentileza

Psicóloga aproveitou o dia internacional da gentileza para falar sobre esse hábito pouco exercitado atualmente
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma, SC, 14/11/2019 - 11:00Atualizado em 14/11/2019 - 11:04

Aproveitando que ontem, 13, foi o dia internacional da gentileza, a psicóloga Ananda Figueiredo decidiu trazer para o Fica a Dica desta quinta-feira, 14, uma conversa sobre este hábito que pouco a pouco vamos nos distanciando tanto. Segundo a psicóloga, sofremos com o mal de insistir em dividir as pessoas em dois grupos e sair em defesa somente daqueles que pensam ou se comportam de maneira parecida da nossa, excluindo aqueles que divergem de nossa opinião - fatores que se intensificam cada vez mais em épocas de políticas inflamadas.

“Em uma época onde estamos cada vez mais nos polarizando entre nós mesmos, dividindo-nos entre quem é certo e errado, quem tem a razão e quem não tem, quem concorda e discorda conosco, nós, como sociedade brasileira, seguimos nos últimos tempos trazendo a tona uma facilidade em dividir e distanciar, cada vez menos agindo de forma educada e gentil”, ressaltou Ananda.

Apesar de ser tido como banal para muitas pessoas, o dia mundial da gentileza é, para a psicóloga, uma data mais importante até mesmo do que o dia das crianças, por exemplo. Ananda destaca que precisamos aprender a ouvir de forma gentil os outros, buscando ser apenas um ouvinte e não um contraponto.

“Nossos relacionamentos não precisam ser baseados sempre em concordâncias e discordâncias. Que bom seria se conseguíssemos exercitar a gentileza no nosso dia a dia e entender que não precisamos dar sempre uma decisão final. Gentil é ouvir o que o outro diz pelo que ele está dizendo e não pelo que temos a dizer a respeito”, concluiu a psicóloga.
 

Tags: Fica a Dica