Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Alesc discute a instalação de pedágios no trecho sul da BR-101

Para o presidente Julio Garcia, é preciso verificar a real necessidade de quatro praças
Por Erik Behenck Florianópolis - SC, 03/10/2019 - 07:59
(foto: arquivo 4oito)
(foto: arquivo 4oito)

As quatro praças de pedágio que estão para ser instaladas no trecho sul da BR-101, de Tubarão a São João do Sul, foi uma das pautas de ontem na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). A moção foi solicitada pelo deputado Volnei Weber (MDB), pedindo ao presidente da República que seja contrário a instalação. Para o presidente da casa, Julio Garcia (PSD), não tem volta.

“Tecnicamente eles entendem que precisa haver quatro praças de pedágio e o cálculo deve ser ao redor de R$ 4,50. Esse é o preço que vai para a licitação, então não poderíamos dizer que é o preço final. A bancada entender que não há como retroceder na concessão da rodovia”, disse o presidente.

Uma das reclamações é que em outros trechos a distância entre as praças fica em 80 quilômetros. Para Garcia, os locais de instalação precisam ser discutidos, assim como a necessidade de quatro praças e não somente três. No Rio Grande do Sul, um pedágio está sendo construído em Três Cachoeiras, é mais um para quem vai a Porto Alegre.

“O que a gente quer discutir é a localização das praças de pedágio. Serão três ambientes de obras e sem considerar os benefícios diretos de longo prazo, já tem benefícios para os municípios, como a arrecadação de impostos e a geração de empregos. É uma situação pronta e consolidada”, comentou o deputado.