Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“Ainda não me filiei, mas está bem encaminhada a ida ao PSB”

Fábio Brezola explica a sua saída do Partido dos Trabalhadores e filiação ao Partido Socialista Brasileiro
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 28/09/2017 - 18:23Atualizado em 28/09/2017 - 18:26
(foto: Renan Medeiros)
(foto: Renan Medeiros)

Como informado no Blog Adelor Lessa, o político Fábio Brezola não faz mais parte do Partido dos Trabalhadores (PT). A desfiliação foi encaminhada na tarde desta quinta-feira (28). Pelo PT, concorreu duas vezes a prefeitura de Criciúma.

“Hoje foi oficializada uma decisão, que era praticamente notória. Penso que acabou meu ciclo no Partido dos Trabalhadores. O PT precisa ter pessoas preparadas, é um momento que o partido precisa de lideranças para fazer a defesa de tudo o que está acontecendo, e eu não tenho experiência para isso”, destacou Brezola.

O político estava há dois meses praticamente fora do partido. Agora sua ida para o Partido Socialista Brasileiro (PSB) está quase acertada, onde poderá concorrer a deputado federal nas eleições de 2018. “Vou para um partido que tem lideranças fortes e não posso querer chegar na janela. Eu não posso falar pelo partido, nem me filei ainda, mas existe uma grande possibilidade. Estou motivado para uma campanha nesses moldes, de deputado federal”, explicou.

Sua saída do PT tem está ligada a ideologia de fazer política. Brezola garante ser focado no que acontece na região, e deixa um pouco de lado o externo. “Sou um político de planície. Tenho dificuldade de fazer analises internacionais. Me preocupo mais o que acontece na minha cidade e na minha região. Prefiro debater o que está acontecendo aqui. Nesse momento o Partido dos Trabalhadores não está assim. Os focos das minhas campanhas são melhorar a vida das pessoas na cidade. Então fica difícil pavimentar meu estilo”, completou.